Acomodando meu

Relacionamento e liberdade

2020.09.06 09:54 _moaclara Relacionamento e liberdade

Estive em um namoro de 3 anos, 3 anos de carinhos e fazendo de TUDO por aquela pessoa. Eu me sentia bem, muito bem com ele, era tudo incrível, menos as partes em quer brigavamos por eu estar nervosa pq minha menstruação não descia de jeito nenhum. Eu tenho motivos pra estar nervosa, da primeira vez eu tinha 15/16 anos e pela primeira vez no meu aniversário de 17 anos, eu fiz um teste de gravidez. Que menina sonha em fazer um teste de gravidez no dia do aniversário? Alguns meses depois aconteceu de novo, mas aquilo pra mim já bastava! De todas as vezes fazíamos promessas, deq nunca iríamos estar naquela situação de novo, mas aconteceu. Eu estava cheia, estava me acomodando com a situação, estava planejando largar o meu sonho de facul pra viver uma vida totalmente diferente do planejado com ele... eu não estava acreditando que eu estava fazendo aquilo. Depois de 2 meses da minha menstruação não descer, eu decidi dar um fim naquilo, mas eu sou uma completa covarde, fiz isso pelo celular. Eu fui a extrema de uma cuzona de ter feito isso assim, eu sabia q se fizesse isso, iria ceder e continuaria com ele agora, mas é isso. Eu contei pra minha mãe, ela concordou com o fim do relacionamento, estando do meu lado, que foi uma surpresa pra mim pq ela é sempre estourada com essas situações, ainda mais quando falei da minha menstruação, achei q ela viria com paus e pedras pra acabar comigo, estava esperando o pior, achei q ela desconfiaria de uma gravidez ou sei lá, pq até eu suspeitava. Eu amo muito ele, serio mesmo! Mas outras coisas além do sexo estava me incomodando, o fato dele não ter me apoiado no meu maior sonho, de querer viajar e fazer varias coisas, eu entendo o medo dele de acontecer algo cmg, eu tbm tenho medo, mas sem medo não existiria a adrenalina na hora de fazer algo, seria uma bosta! Mas é isso, terminei e em seguida veio o nervosismo, dias depois veio a sensação de liberdade, sabe qual liberdade? De poder me assumir quem eu sou. De todas as vezes que ele perguntava do pq eu ser defensora da causa lgbt, senpre respondi que era importante, e que era injusto todo mundo poder amar e ter uma relação heterossexual e isso parecer "comum" e os lgbts terem que sofrer por amar de "diferentes" formas, era isso também, mas desde os meus 12 anos de idade eu já sabia o que queria e o que amava também, mas sempre tive algum tipo de medo de falar pra ele o que eu sou! Eu to em fase de descoberta, não sei exatamente doq eu gosto e doq eu me vejo, mas ainda vou descobrir. Agora, depois de 3 meses que minha menstruação não descia(e sempre q eu falaca sobre um ginecologista com minha mãe, me dava medo dela achar q eu estava grávida, era o meu maior medo de estar mesmo), resolvi vir pra casa da minha avó q é bem distante da cidade onde moro. Assim, inicialmente tive uns surtos e pensei em varias formas de me matar, não vou mentir, ainda mais ontem que desceu uma gosma extremamente preta, fiquei muito preocupada. Mas agr ta ficando normal, e é isso. (SE VC É MÃE DE MENINA, SEMPRE ESTEJA DO LADO DELA, CONVERSA COM ELA, LEVA ELA A UM GINECOLOGISTA PRA ELA TIRAR TODOS OS TIPOS DE DUVIDA. MESMO QUE SUA FILHA SEJA UMA ADOLESCENTE CUZONA, SEJA AMIGA DELA, PQ ELA PRECISA E MUITO. NGM RESOLVE NADA SOZINHO). Meu maior medo agora, eu acho, é que ele encontre esse texto ou que me encontre em qualquer outro lugar sla... Eu não tenho me sentido triste com isso tudo do relacionamento ter acabado, sinto falta dele sim, mas não é algo extremo, estava mais preocupada com meu corpo doq com isso... mas fico temendo, será que vou sentir a dor depois?
É isso, esse foi meu desabafo, não espero que alguem leia ou sla, mas é que essa madrugada tinha muita coisa enrolada. Ainda bem que reddit existe pqp!
submitted by _moaclara to desabafos [link] [comments]


2019.07.16 14:45 CaPeBaLo Biólogos (e entendedores) do sub, me recomendem materiais para me inteirar antes de assumir cargo público [resumo/nlnl/tldr no primeiro parágrafo]

RESUMO: Passei num concurso pra biólogo (ainda não sei a área) mas meu conhecimento é extremamente básico (pelo menos sinto isso) e eu gostaria de me atualizar (e aprendereaprender coisas que já deveria saber) pra não chegar lá perdido.
Seguinte, galera, me formei em ciências biológicas faz três anos, de lá pra cá fiquei parado e mesmo durante a faculdade nunca fui o aluno que gostaria ou deveria ser, apesar de estar normalmente entre os melhores (mas como era uma universidade popular isso não significa lá grande coisa) - eu basicamente estudava pra passar nas provas, que não eram muito exigentes, acabei me acomodando num estágio (ganhava um salário ok e o trabalho era tranquilo), sem iniciações científicas, estudos por conta própria pra aprender além do que era exigido, discussões científicas (até por eu ser mais na minha e não interagir tanto), etc. Às vezes sinto que meus irmãos, que fazem/fizeram cursinho pesado manjam mais de biologia (e de todo o resto) do que eu.
Ano passado comecei a prestar alguns concursos pra biólogo e os estudos consistiam basicamente em passar no concurso - ou seja, me restringia ao que constava no edital e não aprofundava muito, bem como o foco era mais na decoreba do que no aprendizado propriamente dito. Parece que deu certo - num bastante concorrido, com mais de 900 candidatos, fiquei em 4º (mas eram só 3 vagas), nos outros cheguei a ficar entre os 20, 30 primeiros, e tem esse no qual fiquei em primeiro; ou seja, no geral eu fui bem mas sinceramente não acho que tenho o conhecimento necessário pra assumir o cargo e fazer um bom trabalho.
Ainda não sei a área específica na qual trabalharei, mas dando uma fuçada no portal da transparência do município vi que a atual bióloga (aparentemente tem uma só na prefeitura, cidade de uns 400 mil habitantes na região metropolitana de São Paulo) está lotada na Secretaria Municipal de Saúde, no Laboratório Municipal, mas não sei se isso é só pra fins práticos/burocráticos ("temos que colocar um local aqui, então vai ser qualquer um dos quais você trabalha") ou se é porque é realmente onde ela trabalha de forma exclusiva. Ainda, o edital (na parte do conteúdo programático) focou/detalhou bastante (descreveu bem os tópicos e subtópicos) a parte de arboviroses, raiva, leptospirose e acidentes com animais peçonhentos, já a questão ambiental foi tratada de forma bastante superficial (apenas citou os tópicos), tendo detalhado um pouco mais apenas sobre o controle de caramujos africanos; já a prova em si foi bem equilibrada (metade pra área da saúde, metade pra área ambiental). Por fim, as atribuições básicas do cargo constantes no edital são extremamente genéricas, falam basicamente de tudo o que um biólogo poderia fazer (talvez pra já estarem prevenidos caso surja algo extraordinário que o servidor precise fazer, mas não sei se só por isso ou se porque a rotina será realmente diversificada). Assim, ainda não sei qual a área específica de atuação.
Por isso venho pedir a recomendação do pessoal que manja, que tá atualizado e tudo o mais, de boas fontes de estudo (livros, apostilas, resumos, vídeos, podcasts, etc.) pra eu me preparar para quando for chamado, pra não chegar lá falando "não lembro bem disso", "isso eu não aprendi na faculdade" e afins, ficar perdido sem saber fazer o que estão me pedindo, sem saber orientar o pessoal, sem saber conduzir o negócio... Quero poder fazer um bom trabalho, saber o que, quando, como e por que fazer, identificar eventuais problemas ou pontos a serem melhorados e afins, não ser aquele cara que apenas faz o mínimo necessário pra permanecer no cargo e que traz a má fama dos servidores públicos.
Ainda, quais diriam que serão minhas atribuições? O que costuma fazer um biólogo municipal?
Obrigado!
submitted by CaPeBaLo to brasil [link] [comments]


2017.03.05 07:25 matheusco Preciso de dicas sobre que rumo tomar na minha vida.

Bom dia/noite pessoal, estou passando por um momento que acredito ser decisivo na minha vida, não só em questão de profissão. E estou completamente perdido.
Se possível, gostaria que me dessem dicas sobre o que fazer, baseado na situação do nosso país e das suas próprias experiências. Se aqui não for o lugar certo pra isso, peço desculpas.
Meu nome é Matheus, tenho 24 anos, faço faculdade de Engenharia Civil em uma federal e faltam dois anos pra me formar. Até o momento não consegui nenhum estágio e falhei no processo seletivo da Yara Brasil, Caixa e Odebrecht.
Passei em um concurso público pra Assistente Administrativo na EBSERH e estou esperando pra ser convocado. Minha situação financeira é estável, meu pai consegue sustentar tanto eu quanto minha irmã, que recentemente entrou na faculdade e mora em outra cidade (nós dois moramos longe de casa agora).
No que preciso de ajuda:
Mesmo que meu pai tenha condições de me bancar, não é lá com muita 'folga', por isso assumir o cargo na EBSERH é importante pra mim. Até para conseguir poupar mais dinheiro. Porém com esse trabalho não vou conseguir um estágio, e não sei quanto impacto isso causaria no meu futuro profissional como engenheiro. Mas largar o concurso público também não me garante conseguir um estágio. E mesmo se conseguisse, será que faria tanta diferença a ponto de valer a pena largar o concurso?
Meu principal objetivo é passar em algum programa de Trainee, porém tenho sérias dúvidas sobre minha capacidade depois de não ter conseguido estágio nas empresas que citei. Não quero ser o 'engenheiro calculadora', quero ser a pessoa que toma decisões importantes, escolhe o terreno ideal pra construir o condomínio a fim de gerar mais lucro. Esse tipo de coisa, não sentar numa cadeira e passar o dia calculando estruturas.
Sinto que não consigo estágio simplesmente por incompetência, não sei como "chegar lá". Enfim, qualquer coisa que puderem me dizer que possa ajudar, agradeço. Tenho medo de acabar tendo que desistir da carreira de engenheiro e acabar me acomodando nesse cargo público.
submitted by matheusco to desabafos [link] [comments]


2017.03.05 07:09 matheusco Preciso de dicas sobre que rumo tomar na minha vida.

Bom dia/noite pessoal, estou passando por um momento que acredito ser decisivo na minha vida, não só em questão de profissão. E estou completamente perdido.
Se possível, gostaria que me dessem dicas sobre o que fazer, baseado na situação do nosso país e das suas próprias experiências. Se aqui não for o lugar certo pra isso, peço desculpas.
Meu nome é Matheus, tenho 24 anos, faço faculdade de Engenharia Civil em uma federal e faltam dois anos pra me formar. Até o momento não consegui nenhum estágio e falhei no processo seletivo da Yara Brasil, Caixa e Odebrecht.
Passei em um concurso público pra Assistente Administrativo na EBSERH e estou esperando pra ser convocado.
Minha situação financeira é estável, meu pai consegue sustentar tanto eu quanto minha irmã, que recentemente entrou na faculdade e mora em outra cidade (nós dois moramos longe de casa agora).
No que preciso de ajuda:
Mesmo que meu pai tenha condições de me bancar, não é lá com muita 'folga', por isso assumir o cargo na EBSERH é importante pra mim. Até para conseguir poupar mais dinheiro. Porém com esse trabalho não vou conseguir um estágio, e não sei quanto impacto isso causaria no meu futuro profissional como engenheiro. Mas largar o concurso público também não me garante conseguir um estágio. E mesmo se conseguisse, será que faria tanta diferença a ponto de valer a pena largar o concurso?
Meu principal objetivo é passar em algum programa de Trainee, porém tenho sérias dúvidas sobre minha capacidade depois de não ter conseguido estágio nas empresas que citei. Não quero ser o 'engenheiro calculadora', quero ser a pessoa que toma decisões importantes, escolhe o terreno ideal pra construir o condomínio a fim de gerar mais lucro. Esse tipo de coisa, não sentar numa cadeira e passar o dia calculando estruturas.
Sinto que não consigo estágio simplesmente por incompetência, não sei como "chegar lá". Enfim, qualquer coisa que puderem me dizer que possa ajudar, agradeço. Tenho medo de acabar tendo que desistir da carreira de engenheiro e acabar me acomodando nesse cargo público.
submitted by matheusco to brasil [link] [comments]