Como dormir com uma garota

Não aguento mais

2020.10.19 05:42 somebodySad90 Não aguento mais

Bom, lá vem o desabafo, não sei muito por onde começar, primeira vez aqui.
Eu já vinha de uns anos atrás tendo alguns problemas sexuais, sou hétero e jovem(30 anos), fiz exames físicos e não constou nada, testosterona ok. Me recomendaram psicólogo. Isso foi algo que sempre fugi, mas com a pandemia e a quarentena , passei a fazer pela facilidade de ser online. A primeira experiência foi com uma psicóloga, que mais me dava exercícios físicos, coisas como estimular o músculo pc do que avaliar meus comportamentos psicológicos em si, fiz umas três sessões e mudei de psicóloga, a segunda era melhor entrava em aspectos que eu percebia que eu agia de certa maneira. Ainda estou fazendo, mas vejo que é um processo muito lento, não obtive melhora alguma.
Aí vem minha frustração maior, faz alguns meses que conheci uma garota depois de quase 2 anos solteiro, e estava indo muito bem, a gente se da bem, temos pensamentos em comum, estávamos nos vendo bastante. Fizemos algumas rapidinhas e ok. Mas Semana passada ela veio dormir em casa, e pensei quero mandar bem esse fim de semana e comprei pela primeira vez o famoso comprimido azul, e rolou muito bem, eu me senti um adolescente de novo, sem nenhuma neura, foi muito bom, inclui-se para ela, ela estava eufórica, me elogiou, disse que foi muito gostoso, só faltou um eu te amo. Enfim agora esse fim de semana, ficamos novamente, mas sem o mesmo entusiasmo, eu consegui dar uma com ela, mas depois morri, não consegui mais e eu percebi que ela ainda estava com muita vontade, me senti péssimo em deixar ela na mão e não conseguir ter o mesmo desempenho do que usando as drogas. Agora estou com medo da relação esfriar e provavelmente na próxima vez que a gente for transar vou estar com uma tensão maior. O pior é que estou realmente gostando dela.
Não sei mais o que fazer, isso me deixa muito deprimido.
submitted by somebodySad90 to desabafos [link] [comments]


2020.10.16 19:49 I_Dont_Exist_Here Estou com tesão e me sinto mal com isso.

Recentemente (4 meses) comecei a namorar uma garota cristã do local onde estudo, e bem, o problema está na parte dela ser cristã e eu ser o completo oposto disso.
Estivemos estudando no mesmo lugar por uns 2 anos e por conta disso acabamos nos conhecendo por nossos amigos em comum então eu sempre soube que ela era esse estereótipo de crente chata mas eu nunca me importei muito com isso até porquê ela era uma pessoa um tanto quanto interessante e incrível e logo acabei me apaixonando por ela e à pedindo em namoro já na quarentena.
O problema é que somos jovens com muito tesão, ela por ter sido crente a vida toda conseguiu aprender a reprimir esses desejos tanto que ainda conseguiu se manter virgem mas como eu vivi minha vida toda sendo um herege eu não tenho o mesmo controle, e como ela é crente e não podemos nem ao menos mandar ou fazer algo um pouco mais safado, eu acabo por ter que reprimir esses desejos e isso é uma merda pois como estamos nessa fase onde estamos entupidos de hormônios eu cheguei num ponto onde não consigo nem mais dormir com a sensação de necessidade de suprir esse desejo e isso é bem novo pra mim até porquê eu tinha acabado de sair de uma relação onde tínhamos mais sexo do que papo.
Eu cheguei a conversar com ela sobre isso e ela se sentiu mal o suficiente pra ter dado um aval pra que eu pudesse fazer isso com outras garotas já que com ela eu não poderia, eu neguei dizendo que acho injusto e que não gosto da ideia de transar com outra garota que não seja ela, só que esses dias eu comecei a repensar essa ideia pois a sensação já é uma merda, eu tô chegando ao ponto onde estou perdendo o completo tesão por ela já que não tem motivo e nem nada que possa alimentar isso.
Enfim, eu estou me sentindo um lixo por tudo isso, o fato de eu sempre saber que ela é crente e achar que isso não iria me interferir, o fato de eu sentir tanto desejo de sexo ao ponto de desejar fazer com outra pessoa, o fato de eu perder meu "fogo" por ela e o fato de eu não saber caralho nenhum do que fazer... eu me sinto perdido pois eu amo muito ela, mais do que jamais imaginei amar alguém e logo a ideia de terminar com ela mesmo que pareça a ideal pra mim ainda é muito difícil, e isso sem contar que eu estou me sentindo mal por não fazer sexo ao mesmo tempo que me sinto mal por sentir que preciso disso e que por precisar disso me torna uma pessoa "ruim"(?). Eu já não sei mais o que fazer por que nós já até planejamos data de casamento (podem julgar), eu não quero terminar com ela mas adoraria poder aliviar meus desejos de uma forma que seja boa para nós dois.
submitted by I_Dont_Exist_Here to desabafos [link] [comments]


2020.10.16 07:59 soinhoin To perdido kk

Seguinte, nunca parei pra pensar mt sobre oq eu gostava, sempre fui mt zuado então meio q minha vida sempre foi ir pra escola, viver tenso lá dentro tentando não explodir de ansiedade (o suficiente pra eu esquecer de coisas básicas do corpo humano como comer e outras necessidades), voltar pra casa e jogar algo por horas até eu ter de dormir e ir pra escola denovo, porém eu terminei a escola ano passado, então agora tô tendo um tempo a mais pra pensar nas coisas e eu gosto de uma pessoa não binária que eu conheço a quase uma década, conheci com o gênero de nascimento (feminino) e vi todo o trajeto até trans não binário, que passou por homem trans, tanto q ele usa pronomes masculinos, ok, até aqui já foi um pouco complicado, eu pensava q gostava dele pq ainda via ele como feminino, porém me esforcei e percebi que não, eu só gosto dele mesmo, e desde q notei isso comecei a pensar se eu sou bi/pan ou algo do tipo e notei que sempre fui meio perdido, nunca fiquei olhando as pessoas sentido desejo, e meu contato com a pornografia foi meio forçado (ainda sim adquiri o vício =) mas sempre tive mt romancezinho na minha mente, tanto com garotas quanto garotos, então eu tava de boa com essa ideia de ser bi, porém minha ansiedade tem um negócio que sempre tô duvidando de mim mesmo, então eu tô sempre tendo que provar as coisas pra mim, oq acarretou em eu me forçando a olhar garotos na rua, e que depois eu comecei a me incomodar pq eu sabia que era eu forçando então se eu tava forçando eu n sinto atração por garotos, certo? Então pra por isso em prova fui dar uma olhada em pornografia gay, sempre trombei com ela durante o meu vício mas sempre pensei q fosse por causa do vício mesmo, mas continuando, eu vi uns vídeos aqui e acola, notei oq q me fazia me sentir bem, e eu tive a ereção mt fácil, porém eu n chego no ápice de jeito nenhum, n sei se é pq eu tinha parado com a pornografia fazia um bom tempinho, n sei se é pq eu só n sinto atração nenhuma, então tô nesse linbo, fui ver pornografia hetero denovo pra ver se era isso e eu me sinto desconfortável agora, nenhuma das duas me agrada o suficiente, eu n consigo ter contato físico com nenhum dos dois lados, e minha atração tá toda bugada pq as vezes eu sinto um baque quando vejo um garoto, as vezes quando vejo uma garota eu fico extremamente torto e tento passar despercebido, minha única certeza é que eu gosto daquele não binário mesmo agngsgn
Edit: ah, o máximo de experiência gay que eu tive foi atração por algumas pessoas, um vídeo específico do xvídeos q vi quando comecei com esse tipo de coisa e sempre voltava pra ver chamado "o assustador mundo dos gays" KKKK, e um mlk estranho que só vi umas 4 vezes na vida e a gente bateu uma juntos eu nem lembro o pq e nem como chegamos naquilo,
submitted by soinhoin to sexualidade [link] [comments]


2020.10.03 22:07 jessicapocoio Tô casada com meu irmão.

Eu sabia que tinha um irmão mais velho por parte de mãe mas nunca havia tido muito contato com ele, ele sempre morou com pai em São Paulo. Fazia 4 anos que n via ele pessoalmente. Só por fotos e vídeo chamada que mainha fazia com ele de vez em quando. Nunca fomos próximos.
Minha mãe nunca namorou o pai dele, só teve o azar de engravidar de um babaca riquinho q fudeu com ela numa noite qualquer. Mas enfim esse meu irmão ele sempre foi meio incel, ele nunca havia namorado antes nem transado. Ele tem 22 anos de idade e é realmente muito bonito. Ele é branco sem manchas na pele, olhos azuis, e tem um cabelo castanho claro. Além de ser alto (1,83) tem um física bonito n é muito definido nem muito magrelo. Ele tbm tem uma voz bem sexy. Ele veio passar um tempo aqui em Lauro de Freitas com minha mãe, aqui em casa só pssuie dois quartos então ele dormia cmg, ele ficou dormindo no colchão do chão por uma semana a gente conversava a madrugada toda e só ia dormir quando estava amanhecendo. Até um dia a gente começar cvsar sobre meias calças, eu coloquei uma e amostrei a ele como ficava. Ele ficou meio q olhando estranho até passou a mão na minha perna e subiu pro bumbum, e eu gostei. Fiquei próximo e ele começou a chupar meu pinto. PS: sou uma garota trans. Tenho 16 anos de idade. Tenho algumas características parecida com a dele. Nisso a gente ficou transando quase toda noite até mainha pegar a gente no fraga e nós expulsar de casa. Estamos namorando faz 8 meses hj, estamos morando numa casa em São Paulo. Nossa família cortou o laço completamente com a gente. O pai dele o rejeitou por completo a mãe, os irmãos todo mundo. Estamos vivendo um pelo outro agr.
Vamos nós mudar para Porto Alegre final do ano
submitted by jessicapocoio to desabafos [link] [comments]


2020.10.02 05:18 proxy019 Black psycho - morte subita (historia original)

-oi , meu nome é Even atualmente tenho 19 anos, mas vim aqui para contar a minha historia, entao..tudo começou quando eu tinha 11 anos ...
Eu tenho heterocromia e uma doença desconhecida que faz meu olho sangrar, tinha acabado de entrar em uma escola nova e realmente naquela escola não tinha nada de diferente ..professores, alunos e como sempre pessoas para fazer bulling comigo , essas pessoas se chamavam : Mark , Kevin e James eles nunca me deixavam em paz.
"-Hey diferentona , porque não arranca esse olho de uma vez ?! Você é uma aberração ! Nunca deveria ter existido, seus pais devem estar completamente deprimidos por voce ter nascido , ah é verdade você não tem pais hahaha"
Pois é , meus pais tinham morrido em um acidente e eu fui morar com a minha tia. Ela era muito liberal sempre me deixava sair a hora que eu quisesse , então basicamente enquanto eu estou fora significa que ela tinha "se livrado" de mim eu não me importava com isso obviamente. Eu sempre pensei que na minha vida nada iria mudar ate eu me formar e arrumar um emprego , mas pelo visto me Enganei, no 7° ano (14 anos) eu conheci um garoto legal e gentil ficar perto dele me fazia me sentir viva e eu não entendia o porque , ele sempre me apoiou, mesmo sendo julgado por andar comigo , sim...pela primeira vez eu tinha um amigo (o que era raro pra mim já que eu não me enturmava muito bem)....
lembranças
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
(James) -kevin, quem é aquele cara com a esquisita ?!
(Kevin) -não faço a menor ideia , mas não gostei dele. Mark , De um jeito naquele cara !
(Mark) -sim.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
(Mark) -Ei , você !! VEM AQUI !
(Eu) -Timothy não vá ! Ele vai te machucar
(Tim) -vai ficar tudo bem
(Mark) * tenta dar um soco * Timothy desvia e ele acaba acertando a parede , enquanto isso tim segura seu pulso e soca a sua barriga .
(Tim) -Volte e fale para seus "amiguinhos" que eu cheguei na escola e que enquanto eu viver esta garota não vai ser o saco de pancadas de vocês ! (Ele sussurra no ouvido de Mark )
(Kevin) -QUE ?!! QUEM ELE PENSA QUE É PARA FALAR ASSIM COM A GENTE ??
(James) -temos que dar um jeito de separar ele da even e por um fim nisso !
(Kevin) -primeiro , eu que mando aqui ! Segundo , esqueçam a Even nosso problema e com aquele "tim"
os outros 2 apenas concordam balançando a cabeça
enquanto tim batia no mark eu o observei sem entender nada do porque ele estava protegendo uma pessoa que acabou de conhecer ..no fim do dia nos conversamos bastante para nos conhecermos melhor
(Tim) -me diz, oque é isso no seu olho ? sempre foi assim ?
(eu) -na verdade nao , ele começou a sangrar quando eu tinha 5 anos
(Tim) -e tem cura ?
(eu) -nao....
(Tim) -ouh....desculpa
(eu) -tudo bem , mas eu presciso ir para minha casa agora
(Tim) -a, ok
(eu/pensamento) -acho que foi grosseiro ter ido embora e deixado o tim sozinho logo apos ele ter me ajudado.. bem , agora é tarde acho que ele vai perceber com quem esta andando e vai me iguinorar como todos os outros
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
(na minha casa , 10:00 da noite)
(eu/pensamento) -nao ...sera que ele realmente vai me abandonar um dia ?? eu ....NAO é melhor eu parar de falar besteiras e ir dormir ! ele nunca faria isso nao é ?! ....se bem que nos conhecemos hoje ..nao ! eu vou dormir !
apago as luzes
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
(2 messes depois do tim ter entrado na escola ninguem mais fazia bulling comigo)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
(james) -tem certeza que vamos ter que fazer isso ?
(kevin) -nao questione ! vamos fazer como eu falei
(mark) -isso esta indo longe demais ...
(kevin) -eu nao te perguntei
(mark) -sim!
mark e kevin tentaram ajudar james mas quando viram era tarde demais , kevin deu um soco no rosto de tim o fazendo cair no chao , e logo apos os 2 correram .
Fiquei paralizada por 1 minuto e quando vi o tim se aproximar completamente sujo de sangue eu tentei me afastar de la mas ele segurou meu braço falando :
"-nao tenha medo , nao vou te machucar e voce sabe disso", eu ainda estava em choque pelo oque avia acontecido , mas ele me abracou e eu pude sentir o coraçao dele, prometi nunca contar nada pra ninguem e manter tudo em segredo , com o passar dos anos ele me ensinou a me defender para evitar os "ataques" daquele "grupinho" .
(3 anos depois) (17 anos)
ambos tinham se tornado mais fortes como se estivessem prontos para uma guerra. kevin deixou bem claro que queria "falar" com gente as 3 horas , como eu sei disso ? ele jogou uma pedra na minha janela escrito isso , e com "falar" provavelmente é com os punhos ...se ele acha que vai ser tao facil assim ele esta enganado hehe....
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
(as 3h em um Bosque no meu bairro)
(tim) -tem certeza que é aqui ?
(eu) -era essa a localizacao escrita na pedra -w-
(tim) -rsrrssrsr
(kevin) -EI , OTARIOS !!
(eu) -olha quem finalmente chegou * me viro para olhar para o ele *
(kevin) -VAO !!!!!!!!!!
cada um deles estava armado, eu levei um tiro no ombro mais chutei o braço de um deles e peguei as armas , sai atirando contra tudo que eu vi pela frente , devo ter matado 4 deles enquanto tim matou 5 , (kevin tinha levado 2 tiros na perna e Mark 1 no braço ) o ultimo "capanga" que estava vivo tentou atacar tim por tras ele desviou e eu o matei so que esse homem era uma distraçao e por um momento eu so escutei o tiro e o corpo caindo ,me virei e....vi o corpo do tim no chao eles aviam o cercado e deram 2 tiros na cabeça dele ,eu nao aguentei ver meu amigo morto e desmaiei ..quando acordei estava em um hospital os medicos falaram que sobrevivi por muito pouco , tentei saber oque havia acontecido com o tim e eles falaram que o corpo nao foi encontrado , eu fiquei em panico como ele nao viram o corpo ?? estava muito bem exposto ! ...antes que eu pudesse falar algo eles disseram que eu tinha que passar por uma ultima cirurgia para tirar a bala que tinha ficado no meu ombro ...
(1 semana depois)
eu recebi alta e a primeira e unica coisa que eu fiz foi correr ate o local da briga e realmente nao tinha sinais do corpo do tim, continuei procurando mas sem sucesso, completamente triste pelo oque aconteceu eu resolvi passar pelo lago que eu e ele treinavamos..... e olhando para aquele lago pude ver la no fundo o corpo do tim ,eu finalmente entendi ,para eles nao serem pegos jogaram o corpo dele no lago e me incriminaram ...presciso fugir daqui rapido , mas perante o seu corpo tim eu juro, EU VOU TE VINGAR !
andando pelo bosque eu escontrei uma caverna em que eu podia me abrigar ...
5 dias se passaram....
eu sequestrei o kevin e o levei para a caverna , nesta altura de como as coisas estavam eu ja nao tinha mais sanidade mental , eu o amarrei em uma arvore (perto da caverna) , peguei minha faca , tapei a boca dele com um pano e começei a rasgar sua pele ...abri os seus 2 braços e arranquei um osso de cada um deles , com os seus proprios ossos furei os olhos e abri a barriga dele e arranquei o seu rim , tirei o pano da sua boca e coloquei o rim nela, desamarrei ele da arvore e quebrei suas pernas e comecei a descrever a situaçao do seu amigo para kevin ja que ele estava cego , Mark estava esquartejado e com seu cerebro retirado do seu corpo...minhas ultimas façanhas com kevin foram retirar suas tripas e o inforcar com elas, quando estavam completamente mortos os joguei um pouco longe de mim para os animas selvagens devorar os corpos, quando achei que iria passar a morar naquela caverna , uma figura alta e sem face apareceu atras de mim e me teletransportou para um lugar cheio de assasinos onde me mandou chamar de "lar".
(Eu/pensamento) bem...vinguei a morte de tim , fugi do meu sofrimento , e ganhei uma nova vida com pessoas que me entendem , acho que não presciso de mais nada ...mas daria de tudo para Timothy ainda estar aqui comigo....
submitted by proxy019 to u/proxy019 [link] [comments]


2020.10.01 15:35 bobafettskywalker Acordei gozando

Sou homem cis tenho 22 anos e ontem eu tava com uma garota que to me relacionando, porém como estávamos na rua só ficamos nos beijos mesmo. Cheguei em casa fui dormir e acordei às 4 da manhã ejaculando, lembro que tive um sonho sexual mas acordei assustado pra porra (risos). Pelo que eu pesquisei é algo normal, pois estava a muito tempo sem me masturbar ou ter relação sexual, última vez que me masturbei foi a um mês e relação sexual foi a dois. Mas ainda to um pouco assustado pq parece que isso é mais comum com adolescentes, isso já aconteceu com mais alguém ? Acham que é bom ir pro médico ?
submitted by bobafettskywalker to sexualidade [link] [comments]


2020.09.30 11:07 OkamiSeikatsu Animes

Ano tá acabando então vou fazer um resumo aqui dos animes que eu vi e os que eu recomendo começando dos piores para os melhores
Overlord
Esse em específico eu dropei por não ser meu estilo de anime, mas entendo o porquê de gostarem, acho bem chato e poucos dos personagens se salvam.
5/10
Tate no Yuusha
Mesmo eu gostando bastante, não tem nenhuma trilha sonora marcante e praticamente o único que tem um desenvolvimento real é o protagonista, o que salva é o universo, pensa em um bagulho bom para fazer um RPG massa maluco.
5/10
Tensei shitara Slime Datta Ken
Anime que eu terminei literalmente hoje e eu gostei MUITO, o personagem principal é perfeito e os outros personagens acompanham o ritmo dele perfeitamente, a única coisa que achei meio chatinha foi que enrolam demais em certas partes e outras passam rápido demais, um bom exemplo é o episódio do Charcharybdis, em que ficaram tentando derrotar ele para no final a Millim ter permissão de lutar e dar só um golpe no coitado. Mas tirando isso o anime é da hora.
7/10
Youjo Senki
O anime de um cara que morre, vira uma garota em outro mundo, tem que se alistar no exercito para sobreviver e que a fandom faz parecer que ela ama guerrilhar mesmo ela falando quase todo episódio que odeia guerra. O anime no geral é bem legal, quase todo episódio tem algo novo, o meu problema com esse anime é o fato dele não trabalhar os personagens secundários, é provável que você acabe o anime e lembre dos rotos deles, mas não dos nomes. E o filme, que mesmo eu achando muito massa, ele tenta fazer o quê o anime não faz, no caso desenvolver os personagens, mas ele simplesmente não adicionada nada a obra, em vez de desenvolver os personagens que a gente já conhece, preferiram adicionar uma nova personagem filha de um cara que a Tanya matou, mas enfim.
7/10
The God of High School
Cara, eu gosto muito dessa obra, mas eu tenho um problema ferrado com a adaptação para anime que vou botar como spoiler, mas como o anime no geral é porradaria, não acho que faça tanta diferença, mas ainda fica estranho, também o arco do casamento acontece tanto no mangá quanto no anime, em ambos foi um arco que eu achei ruim, só serviu para trabalhar a Mira, mas aconteceu no meio do torneio, praticamente que nem um filler no meio da guerra de Naruto. Agora, com spoilers: no anime, eles simplesmente tiraram o poder do Jegal de roubar habilidades por causa do poder dele, o quê faz parecer que qualquer um pode simplesmente pegar a chave e virar Deus, mas no mangá, além dessa habilidade dele de roubar habilidades, ele tenta 2 vezes engolir a chave, a primeira vez a chave recusa ele por ele ser fraco, depois disso, ele engole um companheiro e metade do poder do Ilpyo para conseguir realmente usar a chave. E também no mangá o estrago que o Jin Mori faz por causa da forma de Deus dele é mil vezes maior, não tem nem comparação.
8/10
Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku o!
Esse aqui não tem nem como, simplesmente é uma comédia escrachada e dane-se, mas é engraçado, que é o objetivo do anime, sem falar que as duas aberturas, o encerramento e os personagens são fenomenais. Simplesmente incrível.
9/10
Kekkai Sensen
Um dos meus animes favorito, o único problema dessa belezinha é ter apenas 24 episódios, eu acho simplesmente IMPOSSÍVEL não gostar de um personagem dessa obra, todos são carismáticos e tem seu charme. Por o humor ser a parte principal do anime é de extrema importância gostar dos personagens, aqui os personagens parecem muito mais humanos também, tanto que tem um que vai direto em um bordel e mostra o dedo do meio para os outros. Curiosidade: o anime vai receber uma dublagem pela FunAnimation, o quê vai fazer ele ficar mais perfeito ainda.
10/10
Monogatari
Monogatari é simplesmente perfeito, tem tudo o que alguém possa querer: lutas, trilha sonora massa, personagens da horas, cenas emocionantes e gostosas.
10/10
Re:Zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu
Personagens perfeitos, trilha sonora perfeita, enredo daora, simplesmente perfeito. Não tenho como descrever.
Fire Force
O anime consegue fazer a façanha de ser bom nas três coisas importantes para um anime (enredo, personagens, universo) os personagens não são tão escrachados quantos os de Soul Eater, mesmo assim cada um tem seu charme e é impossível você confundir algum, o enrendo é bem simples mas é interessante e acaba que tem plot-twists muito bons, e o universo...Mano, o autor conseguiu criar um universo inteiro com o conceito de que todos os personagens tem poder de fogo e ao mesmo tempo dar a cada personagem um poder diferente, o protagonista por exemplo só pode soltar fogo pelo pé, outro consegue controlar tiros, etc. O melhor anime que eu já vi e o melhor mangá que eu já li.
10/10

Menção honrosa a Yu Yu Hakusho que eu revi esse ano
Acho esse anime simplesmente perfeito, se não fosse pelo fato do último arco ser extremamente rushado, mas isso aconteceu porque o Togashi tava com problemas de saúde, então é perdoável.
10/10
Se eu assistir mais algum anime esse ano eu posto nos comentários, agora eu tô indo dormir
Bom dia e bom EAD para vocês
submitted by OkamiSeikatsu to CinzaGang [link] [comments]


2020.09.24 05:14 HondyS Historico de merdas até 2014

Não tem jeito poético ou "bom" de começar a falar sobre a própria vida como se ela fosse algo surpreendentemente interessante, ou triste.
Então vou começar do começo:
Algum dia no ano de 2007
Quando se trata de "primeira memória" eu não sei o que vem na cabeça das pessoas, por isso eu acho importante citar a minha memória mais lúcida e mais antiga, antes que ela suma da minha cabeça que nem tudo que veio na sequência dela.
Me lembro de ter sido a primeira e última vez que me vi brincando com minha mãe.
Estavamos no terreiro da casa da minha avó, brincando na terra com alguns carros que eu tinha, ela sentada num tijolo e eu sentado no chão, que era basicamente terra com mato.
Me lembro de vê-la sorrir antes de ser chamada por minha avó para resolver alguma coisa, ela me deixou brincando sozinho.
Aquela foi a primeira vez que eu me senti amado, mesmo que por pouco tempo. Eu queria muito lembrar de muito antes disso, e na verdade até lembro, mas são fragmentos distorcidos demais para se chamar de "lembrança" de fato.
2008
Considero esse ano o mais marcante da minha vida, por alguma razão eu sinto que MUUUIITA coisa aconteceu em 2008...
Eu lembro de ter amigos, de brincar com eles todos os dias, de me sentir trocado quando eles brincavam com outras crianças, de me sentir sozinho quando minha mãe ia trabalhar na cidade vizinha..
Eu sentia tanta coisa pra um moleque da minha idade, mas todos os sentimentos tristes iam embora quando algo feliz acontecia. Lembro de ter ganhado uma bola gigante que um cara passou vendendo, com um suporte de ferro gigante junto de um carrinho, haviam dezenas de bolas iguais e eu havia ganhado uma delas. Meu avô havia me dado.
Lembro dele ser muito bom pra mim, ele é assim com todos os netos dele, e se eu possuo uma memória ruim daquela época com ele eu prefiro esquecer, provavelmente eu fui danado demais e mereci levar algumas reclamações, ou talvez uma chinelada... Não sei dizer o que realmente aconteceu, mas como uma criança eu nunca deixei de amar ninguém por isso, as vezes passamos do limite em sermos chatos né.
Hoje em dia eu costumo olhar do passado e culpar essa criação como a principal fonte dos meus sentimentos reprimidos, do meu ódio.
Talvez tenha sido isso mesmo, mas 2008 não foi so onde meu ódio nasceu. 2008 foi quando eu descobri os principais sentimentos humanos e a natureza deles. Eu descobri que gostava de Garotas ao me aproximar da minha prima bobona. Eu percebi que eu estaria sempre sozinho se eu fosse depender dos meus amigos. Eu aprendi que eu não devia confiar nem mesmo em quem dizia ser minha família. Também aprendi o que é perder alguem... e aprendi que quem tem um pai presente, tem muita sorte.
Muito mais coisa aconteceu em 2008, se eu fosse fazer um "não-resumo" de tudo, seria grande demais, vamos pular para os anos seguintes que originaram meus principais traumas psicológicos e físicos.
2010 - 2014
Estava tudo ocorrendo normalmente e eu aparentemente cresceria como uma criança normal e fragilizada devido a criação precária em relação ao meu psicológico, pois para minha mãe, só ter comida na mesa bastava, e eu não culpo ela, que pais se importam com a saúde psicológica dos filhos? Se você não é um aleijado, eles não estão nem ai.
Mãe achou que era uma boa ideia por um homem na nossa vida depois que meu pai parou de ser uma opção definitiva. Foi ai que conheci meu futuro padrasto e fruto do meu ódio. Vamos chama-lo de "Merdastro" em homenagem a Chloe.
(Aquela personagem de life is strange, que você talvez conheça)
Meu Merdastro fisgou minha mãe como uma garrafa de farofa atraí uma Piaba. Ela mal conheceu ele e já estava namorando, não demorou muito pra eles se juntarem numa casa só e minha vida virar um inferno.
Como todo Merdastro, ele começou amigável no começo, me tratando como se eu fosse o irmão mais novo dele, afinal ele só tinha 18 anos, era quase a idade pra ser meu irmão mesmo. Mas com o passar do tempo ele revelou sua verdadeira face.
Ele era um filho da puta que implicava por qualquer motivo e que enchia a cara sempre que podia pra fazer confusão dentro de casa, e quando ele brigava comigo, mãe estava sempre do lado dele pra apoia-lo. Isso me feria profundamente pois eu amava ela demais, e vê-la me ignorar para seguir aquele maníaco me fazia ficar muito pistola. Um dia por que eu não parava de chorar devido a ela não me deixar sair de casa, ela resolveu que seria uma boa ideia me bater com uma corda molhada, isso por que meu padrasto me mandou calar a boca diversas vezes e eu continuei chorando.
Talvez para ele não me bater, ela se colocou no lugar. Talvez ela se arrependa, pois ela nega até hoje e diz que eu inventei isso, porém NÃO.
Nesse dia depois de levar uma surra e ficar com as costas marcadas, eu pulei a janela de casa e em seguida o muro, corri pra casa da minha avó em busca de abrigo e mãe foi me buscar logo depois, ela discutiu com meu avô mas logo isso passou batido como qualquer problema familiar comum.
Os anos foram passando e meu padrasto se tornava ainda mais cuzão, eu evitava ficar muito tempo em casa, então eu tava sempre na rua brincando com meus amigos, fazendo o possível pra me divertir antes de ter que encarar um inferno quando voltasse pra casa. Por sorte meu Merdastro era Crediarista então uma parte do mês eu só tinha que aguentar mãe no meu pé, e ela era mais amorosa quando ele não estava por perto, mais calma... É isso que chamam de amor, porra?
Eu aproveitava pra caralho brincando com meus amigos na época, vou chama-los por codinomes pra evitar expor eles.
Eramos cinco no total:
Absorvente
Macaco
Tijela
Hentai
Cachorra
SIM VADIA ESSA ERA MINHA CREW
Iamos pra de trás da casa de Hentai para brincarmos nos cajueiros, que era tipo mato, arvores fáceis de subir, nosso esconderijo e base do "clube", chamemos assim. Naquela época eramos todos crianças burras e ingênuas, passavamos o dia e a noite toda fazendo merda. Já ficamos presos em cima de uma arvore por que um boi ficou em baixo dela e não nos deixou descer. Já fizemos armas com canos e bexigas, essas que atiravam feijão. Lembro de mãe ficar puta comigo por que eu desperdiçada um saco de feijão brincando de "call of duty" na rua com eles, já quase ceguei Macaco com um tiro de feijão na fuça, bons tempos.
Eu poderia contar como conheci cada um deles mas eu acho isso bem chato então vamos de timeskip.
Um ou dois anos depois de tudo isso, meu padrasto chegou bêbado em casa e quis dar uma surra em mãe na minha frente, mas ele estava tão tonto que só quebrou uma mesa de vidro em vez disso. Mãe usou alguma artimanha de mulher (vocês sabem o que é) e conseguiu leva-lo pro quarto, fazendo-o dormir.
Logo depois disso nois dois pulamos a janela e fomos ate a casa da minha avó procurar ajuda. No dia seguinte ele foi preso.
Porém minha alegria durou pouco, mãe retirou a queixa um dia depois. Ela se separou dele depois disso.
Nos mudamos para uma casa diferente e aparentemente mãe havia se tornado uma solteirona cachaceira cheia de amigas piriguetes, essa época foi reveladora pra mim em quesito PUTARIA, pois essas amigas de mãe falavam muita merda e as vezes eu era obrigado a ouvir. Uma delas vendia produtos eróticos, tipo lubrificantes, calcinhas comestíveis e remédios para velhos-casados-broxas poderem levantar o pinto. MEU DEUS COMO ESSAS COISAS (exceto o lubrificante) eram vergonha alheia.
Até ai tudo bem, mãe saia para beber e me levava junto pra todo bar e festa, que eu soubesse ela não se envolvia com ninguém. Por que... ADVINHA, PLOT TWIST: ela ainda gostava do Merdastro.
Uma noite ela resolveu trazer ele pra nossa vida de novo, quando eu implorei chorando pra ela não fazer isso, ela me mandou calar a boca. E subiu com ele pra fazer vocês sabem o que. E eu tive que me contentar com o barulho deles e meu choro de fundo.
Foi nessa época que meu ódio começou a ser cultivado pra valer.
Não acabou ainda, até 2014 tem chão...
Não citei antes, mas um problema me incomodava já fazia um tempo. Eu tinha um tumor ósseo na lateral do meu joelho, ele aos poucos estava me impedindo de ser alguém fisicamente ativo, por "sorte" ele era benigno e não iria se espalhar e me matar. E também por "sorte", era muito raro e ninguém sabia como resolver. O diagnostico foi que eu não poderia retira-lo até parar de crescer, pois iria deixar minha perna maior que a outra. Eu estava condenado a viver com aquilo me limitando por alguns anos, e foi ai que perdi minha única forma de escapar de casa pra me divertir.
Sem poder correr, pular, chutar ou escalar, eu vivia dentro de casa jogando no computador e aguentando os surtos de mãe.
Sempre que eu tentava ignorar meu tumor e correr, eu sentia uma forte dor aguda, como se alguem tivesse acabado de moer meu joelho num triturador. Era horrível e não desejo isso pra ninguém.
Pra piorar tudo, não passamos um ano sem o babaca, e não bastou pra mãe transar com ele escondido, ela resolveu aceitar o pedido de desculpa dele e repensar o relacionamento dos dois.
Ele levou a gente numa pizzaria para se desculpar e pedir perdão. Ele chorou pra gente enquanto prometia melhorar. Enquanto mãe chorava com ele, tudo que eu fazia era observar com um olhar de "Pff, patéticos"
Como eu não tinha opinião ali, Não importava o que eu fizesse, ela iria aceita-lo de volta. Quando eu cheguei em casa depois daquilo eu gritei muito com ela.
Ela me disse: "quando você amar alguem um dia, você vai me entender"
Isso pode ser qualquer coisa, por mais estúpida que seja, mas amor não era. Infelizmente por uma decisão egoista dela, eu seria obrigado a passar pelo exato mesmo inferno de novo.
Mais tarde em 2014
Ano desgraçado né? Espera só.
Algum dia eu continuo isso.
submitted by HondyS to desabafos [link] [comments]


2020.09.23 03:33 jap-3 receio de ver ela com outro

é uma relação bem casual, quase nunca nos falamos e saimos algumas vezes, tranquilo. Mas nesse ultimo mês nos aproximamos, e acabei criando um sentimento, ela nao quer nada serio, mas ultima vez que vi ela com outro cara, meu coração doeu, e nao consegui dormir aquela noite. Ela se afastou esses ultimos dias, mas ainda penso nela. E descobri que ela faz a mesma faculdade que eu vou prestar(e pega o mesmo metrô e monotrilho pra voltar) entao nao vai ter como evita-la. Ela é uma pessoa bem amigavel, entao vai se aproximar de novo, só que, tenho receio de ver ela com outro e isso atrapalhar meu rendimento nos estudos, mas nao vou escolher outra faculdade só por causa de uma garota, alguma ideia de como lidar com isso ?
submitted by jap-3 to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 04:44 umqualquernome Vocês já sentiram muita falta de alguém apenas sexualmente?

É basicamente esse meu questionamento. Muito se fala em 'demissexual', que precisa de envolvimento emocional pra ser atraído sexualmente por alguém e tal... Mas quero saber se alguém experimentou o conceito totalmente oposto. Sentir muita falta de alguém somente na cama e não no sentido amoroso/sentimental.
Indago isso por conta da experiência que vivi com uma garota. Há uns 4 anos atrás. Até hoje lembro bem vividamente do nosso sexo, mas não sinto falta assim da 'companhia' dela. É que tudo se encaixava com ela (literalmente hehe). Eu era louco por cada pedaço do corpo dela, seus gemidos me enchiam de tesão. Nosso sexo foi pra mim como nenhum outro, ela chega amolecia quando eu a agarrava (se tivesse em pé faltava cair), nossos beijos eram aqueles descontrolados de ficarmos com a respiração ofegante, cada vez que a gente transava descobria algo novo (uma vez ela gozou ainda vestida, só com a fricção dos nossos corpos através da roupa). Enfim, era muito foda, parece coisa de sonho mesmo.
Eu sempre gosto de pensar em uma transa boa que tive quando vou dormir (aproveitando, mais alguém faz o mesmo?) e quase sempre lembro das que tive com ela. É tipo a primeira coisa que me surge na mente quando quero lembrar de bons momentos do meu passado. Depois de 4 anos... Mas em questão de relacionamento/amoroso, não sinto falta dela, é exclusivamente sexo (nem foi um relacionamento longo, durou por volta de um mês, ela que terminou). Enfim, não sei se soa muito estranho mas achei essa comunidade propícia pra compartilhar essa minha excentricidade.
submitted by umqualquernome to sexualidade [link] [comments]


2020.09.20 22:32 sorcererflows Fui transar por curiosidade e olha no que deu

Eu (25h) nunca achei que sexo precisaria ser com alguém que você necessariamente ama mas mesmo assim passei muitos anos virgem, nunca me incomodei e meus amigos mais próximos sabem. Sempre fui bem tímido e meio ruim de papo, o que só ajudou nisso kkkkk No final de julho tive a brilhante ideia "vou sair com uma acompanhante" Comecei a pesquisar nos sites, fóruns, comentários, vídeos e etc... só a ideia de que quando achasse o equilíbrio certo de custo x beneficio eu iria transar já deixava meu pau duraço. Encontrei uma menina bem bonita e com boas avaliações e fui falar com ela no wpp, como o anúncio já era bastante claro e os comentários já dizia os serviços prestados foi uma conversa bem rápida e fui pro flat dela. Estava COMPLETAMENTE calmo, sim fiquei estranhamente bem de boa antes de conhecer ela pessoalmente e durante a transa, a transa em si foi boa para padrões de perder a virgindade que vejo as pessoas falando por ai, sai satisfeito até mas no carro voltando pra casa o pau já estava duraço novamente, cheguei em casa e bati uma pra um vídeo de uma garota parecida com ela. Fiquei com um pensamento de que poderia ter feito melhor e de que aquela garota não tinha sido uma boa escolha apesar de bonita e ter feito tudo o que foi combinado. 1 semana, muitas punhetas e muitos anúncios depois escolhi outra garota pra sair, dessa vez em um motel. Peguei o quarto, avisei o número e ela chegou menos de 5 minutos depois, ela era a mulher das fotos mas por uma questão de ângulo, iluminação parecia ser bem mais bonita do que realmente era, apesar disso fizemos um sexo mais gostoso onde agora eu que estava mais no controle da situação. Sai do motel CANSADO e satisfeito mas adivinhem o que aconteceu quando cheguei em casa? O pau duraço, bati uma e fui dormir. No outro dia fiquei com vontade de fazer um sexo igual do dia anterior mas com uma mulher mais gata... e lá vamos nós, 1 semana, muitas punhetas e muitos anúncios depois achei uma outra acompanhante muito linda por um preço bem em conta e chamei no wpp, ela já veio mandando áudio com uma voz que já me deixou de pau duro (não é difícil eu ficar de pau duro mas tudo bem) ao contrário das outras essa não tinha nenhum comentário mas tinha uma boa descrição então precisei tirar mais algumas dúvidas sobre os serviços prestados do qual alguns ela respondeu e outros não meio que mudando de assunto e perguntando se eu queria ir naquele mesmo momento pro flat dela. Fui pra lá, bato na porta e quando abre pra surpresa de 0 pessoas não era a mulher do anúncio mas era uma gatinha então deu ruim mas deu bom. O problema foi que no atendimento as coisas que estavam no anúncio não foram cumpridas e novamente eu sai frustrado, cheguei em casa bati uma e bora procurar outra acompanhante. Algumas semanas, muitas punhetas e muitos anúncios depois achei outra mulher, gata, completa, vários comentários, chegou no motel antes do combinado e meus amigos, o bagulho foi louco. Ela fazia de tudo, metemos muito e ainda conversamos bastante, sai cansado, satisfeito e quando cheguei em casa... o pau molengão kkkkkkkkk mas antes de dormir ficou bem duro novamente e eu bati uma pra relaxar. Antes de transar pela primeira vez eu não pensava tanto em sexo e me masturbava 1~2 vezes por semana, agora eu eu só penso em foder e não fico 1 dia sem desde o final de julho, surpreendentemente meu consumo de pornô não aumentou tanto quanto a vontade de me masturbar, 95% das vezes eu faço no banho só com a imaginação mesmo. O problema estão sendo os pensamentos durante o dia-a-dia e o liquido que sai do pau pra lubrificar que esta sujando minhas cuecas (eu que lavo, só é chato mesmo) Eu achei que quando fizesse pela primeira vez eu daria uma acalmada mas pelo visto foi o efeito contrário.

EDIT: Esqueci de falar que já estou com programa combinado com outra garota pra amanhã
submitted by sorcererflows to sexualidade [link] [comments]


2020.09.20 02:36 Maah123 Desespero

Eu não sei como voltar mais ao normal, sempre fui uma garota que me preocupava bastante com as pessoas e me colocava no lugar delas, mas agora... Com tudo isso acontecendo, é muita coisa junta. Eu acabo me preocupando com tudo junto, pensando em cada pessoa que esta passando por algo ou já passou, por pessoas que passaram por coisas "raras" de se acontecer (sequestro, assassinato, etc...) e tudo está me assustando muito... Nunca imaginei que as pessoas poderiam ser tão más assim...
É, eu sei, pareco um bebê que acabou de nascer com tanta vulnerabilidade, mas... É tudo tão desesperador que eu não estou conseguindo nem dormir direito...
submitted by Maah123 to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 02:40 iamassuregi Segunda chance ok, agora terceira, quarta e quinta ...

Preciso tirar isso do peito kkkkk então isso é longo
Eu conheço uma garota desde a sétima série, hoje tenho 24 anos. Essa garota por muito tempo foi minha amiga, mas sempre meio com vergonha. Kkkk eu não tinha uma boa aparência na época (e em minha defesa todo adolescente é feio) e hoje, olhando para trás, sinto que ela tinha vergonha de mim.
Em 2017 ela me apresentou a um amigo dela. Muito estranho, o cara tinha uns 40 anos e era amigo de uma moça de 21... Um dia fui dormir na casa dela, na época levei o PlayStation e ficamos jogando. Uma das irmãs, que tinha 15 anos aparece, totalmente bêbada. E esse coroa trazendo essa menina. Eu fiquei indignada, pois ela estava muito bêbada mesmo, até vomitou e desmaiou. Eu fechei a cara quando vi isso tudo e só pensava em chamar uma ambulância ou a polícia. Lembro que ele falou algo como: "Ela estava na minha casa com a minha filha, tomou só um pouco" e eu retruquei: "Ela tem quinze anos. Não devia ter tomado nada".
Esse foi o meu primeiro erro. O cara pegou raiva de mim aí.
Enfim, noutro dia fui pra minha casa e segui a minha vida.
Na época da escola éramos um trio: eu, essa garota e outro amigo. Esse moleque não era amigo dela há um tempo.
Outra visita a casa dela e ela me pergunta dele. Eu falo a verdade, que disse que nunca mais queria falar com ela. Tinha morrido pra ele. Volto pra minha casa e quanto estou deitada já, vejo uma ligação. Era o coroa me ligando.
Ele gritou comigo, disse que se fosse para eu falar desse amigo que eu não pisasse mais o pé na casa dela. Queria saber o que ela tinha feito pra ele, e eu apenas respondia: pergunta pra ela!
No dia fiquei morrendo de medo. Depois chorei de raiva. Mandei uma mensagem pra ela, dizendo que precisávamos conversar. No outro dia ela me respondeu, dizendo que iria falar com ele. Depois veio com uma conversa que não podia escolher lado pois não tinha ouvido a ligação para dizer o que cada um disse.
Depois disso me afastei, me ocupei com trabalho. Respondia ela pouco. Meu erro também, devia ter bloqueado nessa época. Também comecei a me arrumar bastante, me cuidar mesmo e a ter encontros kkk (e sim, agora sou bonita)
Ela me chamava para ir na casa dela sempre e dizia: leva o videogame, não tem nada aqui para fazer. Ela mora noutro bairro, muito contramão pra ônibus, então eu andava meia hora com um PS4 mochila, chegava lá morrendo. Eu acabava dormindo lá pois sempre ficava tarde pra voltar. Um dia eu falei pra ela que tava muito zoado para ir, pois estava tendo assalto direto e eu não poderia dormir pois tinha compromisso. Ela disse: então deixa o vídeo game aqui. Depois você busca.
Aí sim eu descobri, ela só queria jogar.
Então fui me afastando, até que ela surgiu meses depois fazendo perguntas sobre esse maldito videogame. Eu não entendo muito, tinha comprado ele no fim de 2016 pois foi uma baita promoção e eu usaria para ver vídeos do YouTube e alguns jogos que eu tinha visto gameplay. Mas por causa do trabalho quem usava mais era a minha família, para assistir. Então eu realmente não sabia responder nada. Foi uma semana de questionamentos até ela me pedir a minha conta da PSN. O coroa tinha dado um videogame para ela. Meu sangue ferveu, e eu disse que não. Ela veio com uma conversinha do tipo: "você não confia em mim?" Eu apenas disse: "sei que você não vai pegar nenhuma informação minha, mas não empresto pra você. Meses sem falar comigo e quando volta quer favores?".
Ela sumiu por três dias e quando voltou disse que não poderíamos mais ser amigas. E começou a escrever um textão. Eu simplesmente dei block e deletei o número. Isso foi no fim de 2018.
Nessa época eu estava meio mal, mudei para um emprego de meio período e fui passando sem comprar muita coisa. Vendi o videogame e resolvi estudar para entrar numa universidade. A situação financeira aqui em casa apertou tanto que eu praticamente sustentei a casa por uns meses com um salário de meio período. Deixei muito currículo mas nem chamavam... Enfim.
No fim de fevereiro desse ano entrei no meu Facebook e tinha várias mensagens dela, das irmãs, pedido para eu mandar mensagem pra ela. Eu sou muito curiosa, então não aguentei. Passei o meu número para a irmã e disse que entrar em contato comigo. Ela falou comigo e pediu desculpas.
E eu aceitei, pois estava numa paz e estava tentando mudar, ver o melhor nas pessoas. Estava muito de boas mesmo.
Ela veio perguntar da minha vida, eu disse que estava estudando e trabalhava algumas horinhas por semana.
Aí ela me pediu uma dicas para estudar pra FUVEST/Enem e acabamos combinando que eu poderia ajudar ela a estudar.
Desde 2019 eu estava muito calma, não me irritava com ninguém e também toda semana tirava um momento pra refletir os pontos da minha personalidade que tinha que melhorar. Mas eu fiz um grande erro: ser gentil não é ser otária. E eu estava sendo uma otária.
Acabou que o corona apareceu e bagunçou a vida de todo mundo, mas continuamos nos falando. Ela comentava lugares que queria ir e eu dizia "ah, depois do corona a gente vai". Acabou que a primeira oportunidade foi esses dias, quando sp começou a permitir que cursos extracurriculares voltassem. Decidi que iria fazer um curso de japonês, pois estava meio deprimida e queria algo para ocupar a cabeça. Chamei ela para dar uma olhada comigo na unidade da escola.
Eu já tinha comentado com ela que estava ficando bem ocupada recentemente, então podia ser que eu esquecesse de ver as mensagens. Falei pra ela que sábado ficaria fazendo um trabalho. Então sábado de manhã fomos ao curso de japonês e quando voltamos ela se convidou para ir na minha casa. Eu, por causa de estar ocupada e cansada, não queria ninguém aqui, então só disse que outro dia a gente marcava.
Depois disso ela nunca mais de respondeu. Ela tinha parado de falar com o coroa quando voltou a falar comigo, mas deve ter voltado.
Essa novela é tão grande e ruim que vou acrescentar uns detalhes aqui:
O que eu aprendi de tudo isso? Não fique perto de quem faz mal pra você. Seja gentil, mas não seja besta.
submitted by iamassuregi to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 05:48 Lady_Olhos Motivo pra não cortar os pulsos agora?

Eu não sei o que falar pq eu nunca fiz isso antes, essa coisa de desabafar no reddit... Também não sei o que eu to sentindo direito, mas é ruim. Talvez seja pq eu não tenho ninguém e eu sei que não preciso ter um relacionamento pra ser feliz, mas não ter um tá me machucando muito... E eu não acho que eu vá encontrar alguém que seja capaz de me amasuportar pq eu sei que sou difícil demais de lidaconviver e ainda mais agora que aparentemente minhas crises de ansiedade/depressão estão voltando... Eu acabei de me cortar, tem sangue em várias partes de mim mas não foi nada grave, eu acho. Eu não sou bonita, não sou "gostosa", não sou inteligente... Eu não tenho qualidades atraentes pra que alguém possa se interessar por mim, eu sou só aquela garota gorda intermediária que as pessoas usam e depois jogam fora. Quero cortar meus pulsos e sangrar até morrer, mas também posso tentar engolir a lâmina e ver no que vai dar Eu quero chorar até dormir e depois de dormir não quero mais acordar Eu não sei, eu quero continuar cortando e ficar vendo o sangue saindo Eu não to contribuindo com o mundo mesmo, sou a ovelha negra da família e eu nem consigo dar conta do estágio e da faculdade As coisas estão dando certo mas estão indo aos trancos e barrancos e a qualquer momento eu vou perder o controle dnv e dnv e dnv e dnv e dnv...
Eu não sei mais o que eu to fazendo/escrevendo, mal consigo colocar em palavras as coisas ruins que to pensando e sentindo
Eu converso toda semana com a psicóloga mas eu não sei, tem essa espécie de trava, não consigo falar pra ela como eu me sinto em relação ao meu peso e os pensamentos ruins, eu tbm não quero que ela diga que eu deveria tentar os remédios pq eu tenho medo de psiquiatras, eu entro em Pânico de pensar em ir em um pra falar sobre isso e sair de lá com um remédio
Eu tbm n tenho amigos pq eu nunca consigo manter uma amizade e isso também dói
Esses sentimentos tinham passado, todos eles e agora... Parece que estão me surrando de novo e eu não sei se quero resistir de novo...
submitted by Lady_Olhos to desabafos [link] [comments]


2020.09.15 06:40 levi-3 Como superar ou não ligar pro passado da namorada?

Olá, como vcs estão?
Tenho 18 anos e já tem uns 6 meses que eu tô com a minha namorada. Eu gosto MUITO dela, porém o passado dela me deixa meio inseguro as vezes.
Bom, quando eu a conheci eu me aproximei dela e descobri que era uma garota realmente interessante, ela é 1 ano mais velha apenas.
Antes de namorarmos éramos amigos e ela me contou sobre relacionamentos que ela teve e tals, não há nada que eu não saiba.
Porém eu era virgem até começar a namorar com ela, minha primeira namorada. Ela perdeu a virgindade com 15 e ja se relacionou com alguns garotos antes de mim.
Ela nunca fala sobre nenhum deles pq era algo q me incomodava de certa forma, ela também nunca me comparou com nenhum outro. Ela é sensata ksskdd
Quando eu estou com ela nada importa, mas as vezes no trabalho ou antes de dormir me vem alguns pensamentos que corroem. "E se eu não sou bom como os outros?" "E se eu não satisfaço ela como os outros?" "Será q perto das amigas dela, ela fala que sente falta da pegada de fulano ou de como ciclano fazia bem?"
E me vem alguns pensamentos de "Devia ter metido mais o loko", eu era e ainda sou uma pessoa "nerd" que ficava em casa estudando ao invés de sair e transar ou beber.(se vc faz isso, eu tenho inveja)
Ela sempre foi muito compreensiva e paciente quando eu estava "aprendendo" e isso é incrível. Vi que ela já não age como agia dos 15 aos 17, é uma pessoa totalmente diferente, mas eu fico inseguro da mesma forma.
Obrigado por lerem <3
submitted by levi-3 to desabafos [link] [comments]


2020.09.05 04:27 frdnt Despindo o Homem Encapuzado

A teoria abaixo é parte de uma serie de textos escritos por Cantuse em seu blog. Link: https://cantuse.wordpress.com/2014/09/30/the-hooded-man-uncloaked/
-------------------------------

O MANIFESTO : VOLUME II, CAPÍTULO III

Provavelmente, um dos maiores mistérios de A Dança dos Dragões é a identidade do homem encapuzado. Muitas pessoas foram propostas, de Robett Glover a Harwin e ao próprio Theon em algum estado dissociativo.
No entanto, acredito que posso fazer uma conclusão mais convincente de que o homem encapuzado não é nenhuma dessas opções mais conhecidas. Este ensaio explica minha teoria sobre o homem encapuzado e seu propósito em Winterfell.
Colocando minhas cartas na mesa, aqui estão as principais afirmações que faço:
NOTA: Este ensaio pode ser controverso em sua construção e conclusões. Deve-se notar que a identidade do homem encapuzado não é verdadeiramente crítica para que o restante do Manifesto valha a pena. Este ensaio é bastante independente, não afetando mais nada no Manifesto.
Em outras palavras, se você não gosta deste ensaio, pode simplesmente ignorá-lo e continuar.
[...]

PRIMEIROS SINAIS DO GIGANTE

Eu gostaria de um breve momento para destacar algo importante.
– Para lutar com Lorde Stannis, temos que encontrá-lo primeiro – Roose Ryswell observou. – Nossos batedores saíram pelo Portão do Caçador, mas até agora nenhum deles retornou.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
Batedores estão desaparecendo do lado de fora do Portão do Caçador. Este é o mesmo portão onde Mors Crowfood parece chegar um ou dois dias depois:
O rufar parecia estar vindo da Matadelobos, além do Portão do Caçador. Estão do lado de fora das muralhas.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
O desaparecimento dos batedores parece algo pelo qual Mors seria responsável. É consistente com o que encontramos no capítulo liberado de Theon de Os Ventos do Inverno: construir obstáculos e impedir ou matar aqueles que saem dos portões. No mínimo, Mors não quer que nenhum batedor encontre seu bando de garotos e informe a Roose Bolton.
Mais importante, os batedores ausentes indicam que Mors estava realmente fora de Winterfell há pelo menos um dia (talvez mais) antes de tocar seus berrantes de guerra.
Mas por que ele ficaria lá aguardando em segredo?
Para responder a essa pergunta, temos que mergulhar no mistério do homem encapuzado.

O IDIOTA DOS RYSWELL

É difícil imaginar o tipo de mente obtusa que é necessária para ser Roger Ryswell. Há algo de suspeito sobre a magnitude e a natureza de sua idiotice.
O Idiota dos Ryswell
Eu gostaria de um momento para mostrar algumas passagens:
– Um bêbado – Ryswell declarou. – Mijando da muralha, aposto. Escorregou e caiu.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
:::
– Esses mortos eram todos homens fortes – disse Roger Ryswell –, e nenhum deles foi apunhalado. O Vira-Casaca não é nosso assassino.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
:::
Roger Ryswell grunhiu.
– Se não é ele, quem é? Stannis tem algum homem dentro do castelo, isso está claro.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
:::
Ryswell não estava convencido.
– Ele, no entanto, ama seus bifes, costelas e tortas de carne. Rondar o castelo na escuridão exigiria que deixasse a mesa. O único momento em que faz isso é quando procura a latrina para uma de suas longas horas agachado.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
Vejam, pode ser apenas eu, mas não parece que ele está quase deliberadamente negando qualquer explicação possível para os assassinatos?
Da perspectiva de um leitor, não é também uma estranha coincidência que Roger faz afirmações que contradizem vários truques que nós realmente vimos em A Dança dos Dragões:
Roger nega que as três diferentes conspirações que descobrimos sejam verdadeiras ou se tornarão verdadeiras posteriormente no livro e rapidamente descarta o restante.
Como uma pessoa consegue ser tão boa em acidentalmente impedir uma investigação de assassinato?
Falta de contato visual
Quando você pensa no Homem Encapuzado e na descrição que temos dele, existem apenas dois detalhes que vêm à mente: sua capa e seus olhos.
Mais adiante, cruzou com um homem que vinha na direção oposta, uma capa com capuz agitando-se atrás dele. Quando se encontraram frente a frente, seus olhos se encontraram brevemente. O homem colocou a mão na adaga.
– Theon Vira-Casaca. Theon assassino de parentes.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
Assim, vemos que Theon dá uma rápida olhada na capa do homem. Vemos também que Theon evita contato visual com o homem.
Essa falta de contato visual pode ser importante para determinar a identidade do homem encapuzado. Não há dúvida de que Theon evita o contato visual em geral, podemos supor que isso aconteça de vez em quando.
No entanto, gostaria de apontar outro exemplo muito interessante que mostra Theon evitando deliberadamente o contato visual ou olhar para o rosto de uma pessoa:
Pernas de Aço o levou pelo Grande Salão, até o solar que certa vez fora de Eddard Stark. Lorde Bolton não estava sozinho. A Senhora Dustin estava sentada com ele, o rosto pálido e severo; um broche de ferro com o formato de uma cabeça de cavalo prendia a capa de Roger Ryswell; Aenys Frey estava em pé perto do fogo, as bochechas vermelhas com o frio.
– Me contaram que você anda vagando pelo castelo – Lorde Bolton começou. – Homens reportaram terem visto você nos estábulos, nas cozinhas, nos barracões, nas ameias. Foi observado perto das ruínas das torres caídas, do lado de fora do velho septo da Senhora Catelyn, indo e vindo do bosque sagrado. Nega isso?
– Não, ‘nhor. – Theon fez questão de falar mal a palavra. Sabia que aquilo agradava Lorde Bolton. – Não consigo dormir, ‘nhor. Eu caminho. – Manteve a cabeça baixa, olhos fixos nas velhas tábuas corridas no chão. Não seria sábio olhar sua senhoria no rosto.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
Você notou o rosto que Theon não conseguiu explicar?
A Senhora Dustin estava sentada com ele, o rosto pálido e severo; um broche de ferro com o formato de uma cabeça de cavalo prendia a capa de Roger Ryswell; Aenys Frey estava em pé perto do fogo, as bochechas vermelhas com o frio.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
Por que obtemos descrições dos rostos de Barbrey Dustin e Aenys Frey, mas apenas a capa e o broche de Roger Ryswell? Ora, mesmo que Theon não olhe para Roose Bolton, ele pelo menos explica a razão para não fazer isso.
Tenha em mente que este interrogatório acontece logo após o encontro de Theon com o homem encapuzado, então o contato visual furtivo pode ser um indicativo de um comportamento continuado daquele encontro anterior.
Além disso, um detalhe extremamente pequeno é que Theon se detém na capa de Roger, o único outro detalhe que temos sobre o homem encapuzado.
Existem outros elementos interessantes do interrogatório de Theon:
Dedos perdidos
Quando a Senhora Dustin exige que Theon remova suas luvas: Roger Ryswell não mostra nenhum interesse nos dedos perdidos de Theon. Os outros participantes (Barbrey Dustin e Aenys Frey) comentam especificamente sobre suas mãos. Ryswell não o faz, em vez disso, descarta imediatamente Theon como um suspeito, não com base nos dedos, mas na falta de força de Theon. Ele também o chama de vira-casaca aqui. Talvez sua falta de interesse nas mãos de Theon seja porque ele acabou de vê-los.
Vassalos rivais
A outra coisa interessante sobre Ryswell aqui é sua aversão particular por Wyman Manderly. Embora insultar o personagem de Manderly seja muito comum, Manderly e Ryswell não têm grandes motivos para animosidade e, portanto, as observações de Ryswell sobre Wyman parecem bastante enfáticas:
– Ele, no entanto, ama seus bifes, costelas e tortas de carne. Rondar o castelo na escuridão exigiria que deixasse a mesa. O único momento em que faz isso é quando procura a latrina para uma de suas longas horas agachado.
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
Este é um insulto particularmente venenoso.
Há um homem no norte que fez comentários grosseiros deste tipo sobre Wyman. Mors Papa-Corvos Umber:
– Manderly? – Mors Umber fungou. – Esse grande saco bamboleante de banha? Seu próprio povo caçoa dele, chamando-o de Lorde Lampreia, segundo ouvi dizer. O homem quase não consegue andar. Se espetasse uma espada na sua barriga, dez mil enguias torceriam-se para fora.
(ACOK, Bran II)
Os Umbers e Manderlys são conhecidos por entrarem em conflito por várias questões, como a herança das propriedades da Senhora Hornwood. Independentemente de qualquer trégua atual que possam ter, Mors continua sendo uma pessoa improvável de conter tais comentários depreciativos.
Agora você pode ver que estou começando a afirmar os dois pontos a seguir:
Devo admitir que, até agora, apresentei evidências interessantes, porém circunstanciais.
Não tenho dúvidas de que esses pontos parecem apenas parcialmente sólidos até agora. Mas tenha fé. O resto virá em alguns instantes.

O GRILHÃO DE RUBI

Então, onde está o “grilhão de rubi” - a braçadeira que Melisandre colocou em Mance Rayder em A Dança dos Dragões?
Sabemos que esse grilhão parecia criar e sustentar um glamour (ou ilusão), que Mance Rayder era na verdade Camisa de Chocalho.
Esta parece ser uma ferramenta incrivelmente valiosa, especialmente quando se fala sobre os tipos de atividade furtiva em que Mance e Mors estão envolvidos.
Então onde está? O que pode ser feito com isso?
Mance Revelado
Em primeiro lugar, sabemos que Mance não está usando a braçadeira de rubi, ou que ela pelo menos está desativada. Sua aparência como Abel é muito parecida com sua aparência original em A Tormenta de Espadas:
Uma mulher grávida estava em pé junto a um braseiro, cozinhando algumas galinhas, enquanto um homem grisalho com um esfarrapado manto preto e vermelho estava sentado numa almofada, de pernas cruzadas, tocando uma alaúde e cantando.
(ASOS, Jon I)
O Rei-para-lá-da-Muralha não se parecia em nada com um rei, e tampouco se parecia com um selvagem. Era de média estatura, magro, com feições bem definidas, astutos olhos castanhos e longos cabelos castanhos já quase totalmente grisalhos.
(ASOS, Jon I)
Os dedos de Abel dançavam pelas cordas de seu alaúde. A barba do cantor era castanha, embora seu longo cabelo já estivesse em grande parte cinza.
(ADWD, Theon)
Então, como ele removeu o grilhão de rubi?
O texto deixa claro que o grilhão de rubi não interfere de forma alguma com o livre arbítrio de Mance, conforme implícito no conforto de Melisandre de que suas visões diriam se Mance era uma ameaça para ela, e em ela sentir que ter o filho de Mance é o que obriga a sua lealdade.
Com isso em mente, não há razão para deixar a algema em Mance.
Um fator adicional é o fato de que a Camisa de Chocalho é absolutamente horrível. Ninguém acreditaria que ele é um cantor e artista, e mesmo que acreditasse, sua aparência mereceria mais escárnio do que qualquer outra coisa.
Além disso, Melisandre tem interesse em ver Mance bem-sucedido. Se o grilhão de rubi pode ajudar nessa tarefa, parece não haver razão para que ela interfira. Afinal, a missão de Mance é vital para a campanha de Stannis, quão importantes são os segredos dela em comparação a isso?
As regras do jogo
Melisandre revela alguns dos mecanismos internos de seus glamours:
– Os ossos ajudam – disse Melisandre. – Os ossos se lembram. As seduções mais fortes são construídas com tais coisas. Uma bota de um homem morto, um tufo de cabelo, um saco de dedos da mão. Com palavras suspiradas e orações, a sombra de um homem pode ser tirada de um e vestida em outro como um manto. A essência de quem veste não muda, apenas sua aparência.
(ADWD, Melisandre)
Isso é interessante porque é incoerente com as preferências de Martin sobre a implementação de magia em romances de fantasia:
Eu simpatizo mais com a maneira como Tolkien lidou com a magia. Eu acho que se você vai fazer magia, ela perde suas qualidades mágicas caso se torne nada mais do que um outro tipo de ciência. É mais eficaz se for algo profundamente desconhecido e maravilhoso, e algo que pode tirar o fôlego.
(George RR Martin sobre magia vs ciência: Weird Tales)
Isso sinalizar imediatamente para os leitores de que algo importante está acontecendo aqui: Martin decidiu que revelar o mecanismo interno dos feitiços era mais importante para a história do que preservar o encanto da magia.
Embora isso não seja evidência de nada em particular, certamente deixa aberta a possibilidade de que Martin não apresentou desordenadamente os mecanismos subjacentes do glamour sem um bom motivo. O trecho sobre glamours é notável precisamente porque não é característico de sua representação da magia em As crônicas de gelo e fogo .
Deixando de lado as opiniões de Martin sobre magia na ficção, também é notável que Melisandre forneça essas explicações naquele momento. Afinal, supostamente nunca mais veremos o glamour ou o grilhão de rubi novamente. Por que se preocupar em explicar tudo, se é irrelevante para Mance ou Jon Snow?
Juntas, essas ideias soam como se Martin pensava que os glamours eram importantes o suficiente para explicar aos leitores, sugerindo importância futura.
Quem está com o grilhão?
Se Mance não está usando a algema, onde está?
A melhor maneira de lidar com essa questão é considerar a origem primeira... quem terá autoridade final sobre quem fica com o grilhão?
Melisandre.
Agora reflita:
Faz todo sentido do mundo que ela o deixe usá-lo. Não há absolutamente nenhuma evidência de que Jon o tivesse, e é altamente duvidoso que ela o daria a outra pessoa ou privaria Mance de sua utilidade.
Isso significa que Melisandre deu o grilhão a Mance, colocando-o em posição de dá-la a qualquer pessoa que encontrar. Portanto, a ideia de que Mors Papa-Corvos estava com o grilhão é, no mínimo, plausível.
A ideia de que Mors está com o grilhão faz muito sentido: fornece a ele uma maneira de acessar Winterfell e garantir que tudo esteja pronto para a missão de resgate. Afinal, Mors deve ter considerado a possibilidade de que Mance falhou em sua missão, Mors não poderia simplesmente tocar sua bateria e soprar suas buzinas indefinidamente.
No entanto, fazer 'muito sentido' e ser a resposta definitiva são duas coisas muito diferentes. Será necessário investigarmos mais para tornar esta afirmação convincente.
* * *
Não, não expliquei nem articulei que Mance sabe usar a braçadeira. Mas acredito que o convencimento de que o grilhão será usado pode ser feito sem que este fato seja revelado.

MORTE DE UM RYSWELL

Se eu acredito que Ryswell é um antagonista secreto?
Não. Roger Ryswell está morto .
Deixe-me explicar.
Um broche de cabeça de cavalo
Roger Ryswell usa um broche ímpar para prender sua capa:
um broche de ferro com o formato de uma cabeça de cavalo prendia a capa de Roger Ryswell
(ADWD, Um Fantasma em Winterfell)
Lembre-se do que Melisandre disse:
– Os ossos ajudam – disse Melisandre. – Os ossos se lembram. As seduções mais fortes são construídas com tais coisas. Uma bota de um homem morto, um tufo de cabelo, um saco de dedos da mão. Com palavras suspiradas e orações, a sombra de um homem pode ser tirada de um e vestida em outro como um manto. A essência de quem veste não muda, apenas sua aparência.
(ADWD, Melisandre)
Parece ser uma observação justa que o broche (e talvez a capa) seria uma fonte ideal para um glamour.
A confusão de Theon
Havia uma passagem no início de A Dança dos Dragões que sempre me intrigara:
Uma coluna de cavaleiros veio logo atrás, liderada por um fidalgote com uma cabeça de cavalo em seu escudo. Um dos filhos de Lorde Ryswell, Fedor soube. Roger, ou talvez Rickard. Ele não sabia quem era quem quando estavam separados.
– Estes são todos? – o cavaleiro perguntou, do alto de um garanhão castanho.
(ADWD, Theon)
Portanto, vemos que Theon tem problemas para diferenciar Roger de Rickard. É possível então que ele pudesse confundir os dois, dentro de determinadas circunstâncias.
Tenho certeza de que a confusão não está presente em situações de grupo, em que seria capaz deduzir qual deles era com base nas ações dos demais. Essa confusão seria mais proeminente em situações em que ele não tivesse outras pessoas para ajudar: em situações silenciosas e solitárias.
A utilização mais proeminente dessa dificuldade ocorre na noite anterior ao início dos assassinatos:
Sob a Torre Queimada, passou por Rickard Ryswell com o nariz enfiado no pescoço de outra das lavadeiras de Abel, a gordinha com bochechas de maçã e nariz achatado. A garota estava descalça na neve, embrulhada em um manto de pele. Ele imaginou que estivesse nua por baixo. Quando ela o viu, disse algo para Ryswell que o fez gargalhar.
(ADWD, O vira-casaca)
É interessante considerar que este aí pode ter sido Roger Ryswell.
A oportunidade
Com base na descrição, a esposa de lança nesta cena é Frenya, uma mulher corpulenta que é bastante habilidosa no combate: na tentativa de fuga, ela conseguiu lutar com uma lança de um dos guardas de Bolton e ferí-lo.
Quando você reflete sobre Frenya estar realmente se atirando sobre Roger (e não Rickard), as hipóteses de repente ganham vida!
Roger está sozinho em uma área isolada de Winterfell, com a esposa de lanças Frenya. A oportunidade de matar Roger para pegar seu broche e sua capa surgiu.
Lembre-se de que os assassinatos começam a acontecer na manhã seguinte a Theon ver Ryswell com Frenya.
A teoria
Usando as ideias que apresentei até agora, gostaria de montar uma teoria sobre Roger Ryswell.
  1. Frenya atraiu Roger Ryswell para o topo da muralha interna de Winterfell. Ela pegou a capa dele e então o empurrou para a morte.
  2. Esta capa foi então atirada ou enviada para Mors Papa-Corvos.
  3. Mors, em posse do grilhão de rubi, usou a capa para parecer Roger e entrar em Winterfell.
  4. Ele então fica por perto, talvez debatendo coisas ou reunindo conhecimentos. Ele participa das investigações dos assassinato, sabotando-as.
  5. Ele encontra Theon na famosa cena do “Homem Encapuzado” e novamente no interrogatório.
  6. Sua presença no interrogatório é o que dá a Mors a confiança de que a missão pode começar.
    Essa teoria faz sentido por alguns motivos:
Vernáculo compartilhado
Sempre houve uma notável semelhança entre duas afirmações, uma feita por Mors Umber e a outra pelo encapuzado:
– Theon Vira-Casaca. Theon assassino de parentes.
– Não sou. Eu nunca... eu era um homem de ferro.
– Falso é tudo o que você era. Como é que ainda está respirando?
(ADWD, Um fantasma em Winterfell)
:::
Em vez disso, ele choramingou através de dentes quebrados e disse:
– Sou...
– ... um vira-casaca e assassino de parentes, – Papa-corvos completou. – Segurará essa língua mentirosa ou a perderá.
(TWOW, Theon – tradução minha)
É notável que pouquíssimas pessoas se refiram a Theon como um assassino de parentes: Mors, Rowan e o Homem Encapuzado.
Mas isso nada se compara ao fato de que o homem encapuzado e Mors chamam Theon de vira-casaca, assassino de parentes e mentiroso / falso ... exatamente na mesma ordem.
Por algum tempo, isso sugeria a possibilidade de Mors ser o homem encapuzado, mas seu olho a menos [de Mors] me impedia de explicar essa possibilidade.
No entanto, a braçadeira de rubi subverte esse problema perfeitamente.
Ocultando o corpo
Vamos revisitar o primeiro assassinato, usando essa teoria como um guia.
Para refrescar sua memória:
Com esta teoria como guia, de repente fica claro: a primeira vítima de assassinato, o corpo enterrado na neve, era na verdade Roger Ryswell.
Em primeiro lugar, há algo muito singular neste assassinato em comparação com todos os outros: o corpo estava escondido.
Os outros assassinatos estavam todos à vista e tiveram um claro componente psicológico. Este corpo não era para ser descoberto:
Se as cadelas de Ramsay não o tivessem desenterrado, ele poderia ter ficado lá até a primavera. Quando Ben Ossos o puxou, Jeyne Cinza havia comido tanto do rosto do morto que meio dia se passou antes que soubessem com certeza quem era: um homem em armas de quatro e quarenta anos que marchara para o Norte com Roger Ryswell.
(ADWD, Um fantasma em Winterfell)
Além disso, é interessante que o rosto tenha sido comido porque tornou a identificação impossível. Caberia quase inteiramente a “Roger Ryswell” apurar a identidade do homem. Talvez seja por isso que Roger foi tão rápido em descartar o corpo como sendo apenas um bêbado.
Mais uma coisa a notar é que “Roger” declara que a vítima provavelmente estava mijando à beira da muralha:
– Um bêbado – Ryswell declarou. – Mijando da muralha, aposto. Escorregou e caiu. – Ninguém discordou. Mas Theon Greyjoy se perguntou por que um homem subiria por degraus escorregadios de neve até as ameias, na escuridão da noite, apenas para mijar.
(ADWD, Um fantasma em Winterfell)
Isso poderia de alguma forma implicar que as calças do homem morto estavam abertas ou abaixadas?
Fosse esse o caso, não poderia ser mais provável que o homem estivesse envolvido em um ato sexual quando caiu e morreu? No mínimo, certamente parece mais plausível que um homem procurasse um canto recluso para fazer sexo no alto das muralhas do que que ele tenha escalado uma muralha para mijar.
Resumidamente, se o morto estivesse no meio de algo que envolvesse seu pênis ficar fora das calças enquanto estava em cima das muralhas, provavelmente seria para sexo e não para urinar.
Se for esse o caso, temos que reconhecer que no dia anterior à descoberta do corpo, Theon viu um Ryswell com Frenya. Naquele momento, Theon observa que Frenya provavelmente “estivesse nua por baixo” da capa de pele de urso. Isso parece implicar que eles estavam fazendo (ou iam) fazer sexo. Minha opinião pessoal é que Frenya atraiu Roger Ryswell para o topo das muralhas, prometendo sexo oral. Durante o ato, ela agiu e o matou.

Preparado o palco

Voltando aos pontos iniciais deste ensaio, há questões que precisam de respostas:
  1. Dado que Mors e Mance colaboraram na missão de resgate, como Mors saberia que Mance estava pronto para levar a missão a cabo?
  2. Como Mance saberia que Mors estava fora de Winterfell, pronto para receber Arya?
  3. Por que Mors permaneceria em segredo fora de Winterfell por um dia ou mais antes de tocar seus berrantes?
Mors poderia facilmente indicar a Mance que ele estava no a postos: os berrantes de guerra fazem isso muito bem.
O verdadeiro problema é informar Mors de que a missão de resgate está pronta para acontecer. Para isso, os selvagens precisam ter algum tipo de sinal ou outra forma de se comunicar com Mors. Também pode haver detalhes específicos que modificam quaisquer planos que Mors e Mance possam ter inicialmente traçado.
Em última análise, Mance e Mors iria precisar de alguma forma de se comunicar. Eu acredito que foi por isso que Mors permanece por vários dias fora Winterfell antes de anunciar sua presença com os berrantes de guerra. Ele usa sua presença icógnita para acessar Winterfell e verificar se tudo está pronto para a tentativa de resgate. Talvez seja por isso que os batedores tenham desaparecido, para garantir o disfarce ou algo semelhante.

IMPLICAÇÕES

Existem algumas idéias (e questões) interessantes que surgem a partir deste ensaio:
O que aconteceu com o grilhão de rubi?
Eu acredito que é entregue a Mance antes da partida final de Papa-Corvos do castelo. Isso ocorre porque há evidências de que isso é fundamental para a “estratégia de saída” de Mance.
Senhora Dustin ou o outro Ryswell não notariam?
Os Ryswells se odeiam abertamente. Eles não prestam muita atenção às nuances do comportamento de seus irmãos.
Os Ryswells eventualmente não perceberiam que Roger estava desaparecido (depois que Mors saiu)?
Eventualmente. Não acho que Mors ou Mance realmente se importariam, e ninguém teria ideia do que realmente aconteceu.
submitted by frdnt to Valiria [link] [comments]


2020.09.04 18:53 IgorCWB EU ACHO QUE SOU VICIADO EM PORNOGRAFIA

Bom antes quando eu era criança, os meus estímulos, minhas curiosidades, parecia ser normal, se eu olhasse uma garota eu tinha vontade sexual por ela, me sentia atraído, ficava excitado, mas no ensino medio, comecei a ouvir meus amigos a falarem sobre masturbação, eu nunca tinha feito nem sabia o que era. Mas nesse período aconteceu algo que me afetou muito, comecei a ter as famosas espinhas, e nao foram poucos, comecei a perceber que na sala todas as meninas gostavam de alguem, mas de mim nao tinha nenhuma, comecei a ficar depressivo, só saia de casa pra ir para a escola, e sabia que n tinha como ter um relacionamento sexual com uma mulher por causa da aparencia com as acnes no rosto, mas eu sentia uma vontade absurda, e para satisfazer a vontade, comecei a ver pornografia, começou em 2011, e cada vez via algo mais pesado, chegou ao ponto de eu nem poder falar e imaginar o que eu buscava quando assistia a tudo isso.
Mas recorri a isso, pq sentia-me rejeitado, e apos passar anos sozinhos, natal, ano novo, nem em balada eu fui, busquei isso cada vez mais. Hoje sou adulto, e quando fui ter a minha primeira relação sexual, nao era aquilo que via na pornografia, e n senti quase vontade nenhuma, até me perguntava pq estar ali, sinto como se tivesse perdido completamente as emoções, estou tentando parar com a pornografia para ver se recupero o meu eu antes de começar tudo isso, hoje ainda quando beijo uma mulher nao sinto nada, nao se parece nada como antes, nao tenho emoção nenhuma, posso ver ela pelada, que n sinto nada, parece q tem algo na minha mente que bloqueia isso, que diz q nao sou capaz, q n vou conseguir, quando eu estava na fase do ensino medio de querer sexo e elas de alguma forma me recussaram, causou um impacto gigantesco em mim, em todos esses anos eu tive que tentar aceitar q nenhuma mulher me queria, tenho ate dificuldade em estar em ambientes com mulheres, pq sinto que estou sendo julgados por elas a todo momento, e parece q n sou o suficiente. Hoje sou um cara bonito e atraente, garotas q eu nunca pensei em pegar, nunca na vida, querem dormir comigo, fazer sexo comigo, mas ai vem a imagem de todos esses anos sozinhos no quarto, sem ninguem, tentando saciar aquilo com a pornografia, pq realmente era a unica forma q tinha, eu juro.
Sinto q tem algo muito errado, ao ver aqueles videos perdi o senso da realidade de uma mulher, parece q virou um objeto. Eu comecei a tentar parar de ver pornografia e masturbação. Espero que isso volte ao normal, comecei em setembro agora, e desejo do fundo do coração sentir o prazer e o tesao que sentia antes de acontecer tudo isso, pq beijar uma mulher e nao sentir mais nada do q sentia, é foda. Valeu.
submitted by IgorCWB to u/IgorCWB [link] [comments]


2020.08.30 17:24 zer0cu Não acredite em tudo q lê

Estou sempre atento. Não tiro o olho da mulher que eu converso. Isso jah me proporcionou coisas ruins, calcinhas e peitinhos q n queria ver e os q eu queria
Uma vez meu amigo me convidou para ir na casa de duas minas. A ideia era eu enrolar a amiga enquanto ele tentava comer a outra. Fomos e chegando lá a primeira coisa que vejo eh ela de mini saia sentada de forma q me mostrava a calcinha. Fiquei louco
Lah aconteceu exatamente como ele planejou. Depois de muito truco e birita ele conseguiu levar a garota para o único quarto
Fiquei na sala c/ minha nova amiga. Trocamos muita conversa. A conversa foi tanta q ela deitou no meu colo. Obviamente dava para perceber meu pau duro que não dava mais para esconder. Estava a uma língua de distância quase saindo pelo cós do jeans. Dava ateh de ver ele
Conversamos sobre td e tarde da noite deitamos de conchinha. Meu pau encaixou perfeitamente naquele rabo maravilhoso. Tentei enfiar as mãos entre as coxas e ela disse que não pq estaca menstruada. Dormimos
Logo pela manhã meu amigo me acordou pedindo minha camisa pq a dele embaixo ficou manchada pq a guria estava menstruada. Emprestei e eles saíram para o shopping almoçar
Acordei a menina e perguntei se queria ir. Ela declinou e prefeita ficar em casa. Ficamos na cozinha fazendo batata frita e sanduíche. Sempre que eu podia eu a encaixava. Ela participou e aprovou a galinhagem
Saciados da fome eu fui tomar banho. Ela entrou no banheiro, deu uma mijada caprichada e umas olhadas. Disse para ir dormir na cama com ela pq a gente estava td quebrado do sofá
Banhado e cheiroso fui para a cama. Quando entrei no quarto ela jah disse que ia me dar algo q nunca deu p/ ninguém. Ok, maravilha. O que é?
Posso comer e amar tds as mulheres do mundo mas nunca esquecerei esse rabo virado para cima com a marca do biquíni em V apontando ENFIE AQUI terminando bem naquele cu gostoso.
Não enfiei a língua com medo de perder a oportunidade. Meti cuspe na mão e pau no cu. Como doia muito ela pediu para tomar o controle. Esperei calmamente ela ir rebolando enquanto empurrava a bunda para trás envolvendo meu pau. Bombei com calma e gozei gostoso. Virei ela de frente e fiz um frango assado anal, gozei gostoso de novo e ela me acompanhou
Fomos p/ o banho e eu nem pedi, comi ela de frente em pé. Se tem uma gozada que deixa a gente fraco é essa. Em pé de frente suga tds nossas energias
Fomos para a cama e comi ela em todas as posições. Gozei 14 vezes em 8h. Meu pau esfolou e virou uma pereba na semana seguinte. Soh podia punhetar c/ 2 dedos
Moral da história: N acredite em td q lê. Quem escreve artigo que o homem goza e fica mole eh pq nunca arrumou uma boa parceira.
submitted by zer0cu to sexualidade [link] [comments]


2020.08.15 02:06 Na4te Oque eu devo fazer?

Opa
Bom, recentemente(inicio do ano) uma garota amiga da minha família veio dormir aqui em casa, ela tem quase a mesma idade que eu. Reparei que ela tava a fim de mim e não nego, eu tbm, houve um determinado momento em que ficamos sozinhos de madrugada e apesar de eu saber...Eu não fiz nada, por medo e timidez eu nem beijei a garota no rosto.
No outro dia eu perdi mais uma chance.
E dois dias depois eu fui na casa dela e adivinhem, ficamos sozinhos novamente e mais uma vez eu ramelei. Eu sempre tento pensar em várias maneiras de como eu poderia tomar uma atitude e no fim, nunca faço nada.
Bom, tentei manter contato com ela por WPP e jurei pra mim mesmo q quando tivéssemos mais uma oportunidade eu faria algo mesmo que arriscado, porém, ela não me responde mais com frequência e ainda posta algumas coisas como se tivesse ficado com alguém recentemente, mas não deu certo. Isso nem me importa, oque importa mais é a questão:
Eu ainda tenho chance? Se tiver oque eu faço? Não sei como abordar.
Eu tirei alguns detalhes pois queria ser breve.
submitted by Na4te to desabafos [link] [comments]


2020.08.10 05:36 gomesemog Tô muito, muito bolado, mano :(

Seguinte amigos:
Conheci uma garota através de uma colega minha, pelo insta. Ela veio me seguir e eu me interessei e segui de volta. Ela veio puxar assunto comigo e fomos desenrolando.
Conversávamos todo dia, e foi assim desde que isso começou, um mês e pouco atrás. Descobrimos ser praticamente vizinhos. Saímos 4 vezes e todas MUITO boas! Da última vez ela veio aqui em casa. Papo vai, papo vem, ela se abriu e disse estar gostando de mim, acordar e dormir pensando em mim, não saber o que me considerar, se já era os ficantes certos ou sei la, disse me considerar parte da vida dela, que entrei pra ficar e fiz muito bem pra ela, que nunca viu alguém fazendo tão bem com a companhia, coisa e tal. Ou seja, né? Um amor começando. Da minha parte também, ela é maravilhosa!!!!
Dia seguinte eu fui pra uma chácara de família e ela também, no caso outra, da família dela. Ela não tinha sinal lá, quase, mas mesmo assim mantínhamos contato. Ela até chegou a ficar bêbada e de abrir ainda mais comigo.
Ficamos uma semana nessa, e acabou que nos últimos dias dessa viagem a gente tava meio na monotonia dessa situação, e as conversas ficaram um pouco mais frias. Somado a isso, eu e ela entramos em uma fase de tristeza, então os dois estavamos meio xoxos, daí meio que a frequência e qualidade das conversas caíram um pouco, eu e ela estávamos menos empolgados com tudo.
Isso acabou esfriando a relação, as conversas ficaram menos intensas e tal. Muito rápido!! E agora eu continuo chamando ela, falo sobre nós vermos, dia sim dia não praticamente, e isso ha uma semana, quando começou a esfriar. Agora ela nega ou ignora meus convites pra encontro, dizendo estar mal, estar sem bateria pra responder, mesmo ficando online. Parece um ghosting. Eu tô MUITO triste, tava começando a gostar muito dela. Ela disse várias coisas fofas (antes que eu!!!!) depois que tivemos nossa primeira relação sexual. E nunca fiz algo que machucasse ela. Foi só esse período de distanciamento por circunstâncias da vida mesmo.
E não tô sabendo lidar com isso, com ela me ignorando o dia inteiro praticamente e pedindo desculpa dia seguinte. Eu queria manter meu orgulho e entrar nessa também, só que queria mesmo apostar nisso, mas parece que passou a chance e a gente não embarcou...
Só um desabafo, tô muito, muito mal!!! Se tiverem algumas palavras, eu apreciaria, devo entrar no orgulho e ver qual é? Foda disso que fico com medo de perder a chance. Devo desabafar com ela sobre como estou me sentindo dps de ela ter falado o que falou e agora agora assim? Desculpem o desabafo mesquinho.
submitted by gomesemog to desabafos [link] [comments]


2020.08.05 23:15 altovaliriano Sangue de Basilisco: De Harrenhal a Winterfell

Durante sua estadia forçada em Harrenhal, acaba sob a chefia de um homem chamado Wesse que “à sua maneira pequena e empertigada, Weese era quase tão assustador quanto Sor Gregor” (ACOK, Arya VII).
Wesse era um capataz cruel e controlador que sempre era acompanhado por uma cadela feia e malhada que era quase tão má como ele, segundo Arya. A cadela de Weese era violenta e chegou a arrancar “um grande bocado da barriga da perna” (ACOK, Arya VII) de um servente quando Weese atiçou o animal para cima dele.
Entretanto, por mais feroz que fosse a cadela, Weese a criara desde filhote e estava claro até mesmo para Arya que “só uma magia negra qualquer poderia fazer que o animal se voltasse contra ele” (ACOK, Arya IX). Esta opinião parece ser dividida pelas pessoas que presenciaram a morte de Weese:
Uma dúzia de pessoas chegou lá antes dela, embora nenhuma se aproximasse muito. Arya abriu caminho entre elas, contorcendo-se. Weese estava estatelado nas pedras, com a garganta transformada numa ruína vermelha, olhos abertos, sem ver, na direção de uma escarpa de nuvens cinzentas. A feia cadela malhada estava em pé sobre seu peito, bebendo o sangue que saía pulsando do seu pescoço, e de quando em quando arrancando um pedaço de carne da cara do morto.
Por fim, alguém trouxe uma besta e matou a cadela enquanto esta se entretinha com uma das orelhas de Weese.
Que coisa maldita – ouviu um homem dizer. – Ele tinha aquela cadela desde filhote.
Este lugar está amaldiçoado – disse o homem com a besta.
É o fantasma de Harren, é o que é – lamentou-se a governanta Amabel. – Não durmo aqui nem mais uma noite, juro.
Arya ergueu o olhar do homem e do seu cão, ambos mortos. Jaqen H’ghar estava encostado na parede da Torre dos Lamentos. Quando a viu olhando, ergueu uma mão e pousou casualmente dois dedos no rosto.
(ACOK, Arya VIII)
Arya estava tão impressionada em ver a transformação da cadela, que questionou Jaqen na primeira oportunidade que teve. Infelizmente, o fato de Jaqen ter adivinhado sua identidade a impressionou o suficiente para ela deixar a questão de Weese de lado.
Como fez com que o cão matasse Weese? Conjurou Rorge e Dentadas do inferno? Jaqen H’ghar é o seu nome verdadeiro?
Alguns homens têm muitos nomes. Doninha. Arry. Arya.
(ACOK, Arya IX)
Felizmente, Arya sutilmente lembra deste episódio quando esta aprendendo sobre venenos com a Garota Abamdonada na Casa do Preto e Branco, e assim o leitor obtém sua resposta sobre o metódo empregado por Jaqen.
Esta pasta está temperada com sangue de basilisco. Dá um aroma saboroso à carne cozida, mas, se for comida, produz uma loucura violenta, tanto em animais como nos homens. Um rato atacará um leão depois de provar sangue de basilisco.
Arya mordeu o lábio.
E isso funciona em cães?
Em qualquer animal de sangue quente
(AFFC, Gata dos Canais)
Pois bem, existe nas Crônicas outro personagem conhecido por ser um torturador e ter cães treinados para atacar outras pessoas.
[…] Ramsay adorava soltar suas garotas para que latissem nas trilhas, atrás de alguma presa fresca.
(Fedor II)
Os melhores lugares, perto do estrado, estavam ocupados pelos favoritos de Ramsay, os Rapazes do Bastardo. Ben Ossos, o velho que mantinha os amados cães de caça de sua senhoria.
(Fedor I)
Os cães se juntaram ao redor deles, mordendo e rosnando para os estranhos. As garotas do Bastardo, Fedor pensou, antes de se lembrar que nunca, nunca, nunca deveria usar essa palavra na presença de Ramsay.
(Fedor II)
Quando se refere a “presas”, sabemos que Fedor fala em seres humanos. Mulheres, em específico.
Ben Ossos, que gostava mais das cadelas do que do seu mestre, contara a Fedor que todas recebiam seus nomes de garotas camponesas que Ramsay havia caçado, estuprado e matado quando ainda era um bastardo, andando com o primeiro Fedor.
Mas só aquelas que lhe proporcionaram um bom esporte. As que choraram e imploraram e não correram não conseguiram voltar como cadelas. – A próxima ninhada a chegar aos canis de Forte do Pavor incluiria uma Kyra, ele não duvidava.
Entretanto, quanto a estas cadelas, Martin foi ainda mais específico dizendo que as Garotas do Bastardo foram criadas para atacar lobos, com ênfase no lobo dos filhos de Ned Stark.
Ele as treina para matar até lobos – Ben Ossos confidenciara. Fedor não disse nada. Sabia quais lobos as garotas foram feitas para matar, mas não queria assistir às garotas lutando por um dedo seu cortado fora.
(Fedor III)
Os lobinhos do Stark estão mortos – disse Ramsay, despejando mais cerveja em sua caneca – e permanecerão mortos. Deixe que eles mostrem suas caras feias, e minhas garotas rasgarão os lobos deles em pedaços. Quanto mais cedo aparecerem, mais cedo os matarei de novo.
(Fedor III)
Somando todos estes fatores (Stark, mulher e lobo) vemos que as cadelas de Ramsay foram preparadas por GRRM como antagonistas naturais de Arya e Nymeria. Caso esta garota venha a retornar ao Norte, Ramsay usar suas cadelas contra a “menina sem rosto” e warg parecerá apenas uma convergência das pistas que GRRM deixou na trama…
… assim como não pareceria gratuito que Arya usasse sangue de basilisco para fazer com que as cadelas atacassem o próprio mestre, virando o feitiço contra o feitceiro, em um assassinato digno de um homem sem rosto.
Muitos leitores sugerem que o encontro entre Arya e Ramsay ocorreria após Jeyne Poole chegar a Braavos (assumindo que ela não ficaria em Castelo Negro agora que Jon está morto) e procurar a Casa do Preto e Branco para conseguir uma morte pacífica (depois de todos os traumas sofridos), de modo que Arya ficaria sabendo de toda a farsa envolvendo seu nome. Assim, Arya assumiria a identidade de Jeyne Poole e retornaria a Westeros para liquidar Ramsay.
Essa teoria tem diversos benefícios e ainda o número de coincidências poderia ser ainda maior, fazendo com que o retorno de Arya a Westeros fosse mais satisfativo do que problemático. Vejam bem, Jeyne Poole poderia encomendar a morte Ramsay aos homens sem rosto, dando sua própria vida como pagamento.
Como Arya seria a pessoa mais indicada para representar alguém disfarçado como sendo ela, além de nunca ter conhecido Ramsay na vida, ela seria o agente perfeito para a Casa do Preto e Branco enviar para cumprir a tarefa. O único empecilho poderia ser o grau de treinamento que a garota teria alcançado.
Entretanto, a julgar pelas mortes que sabemos que Arya tem executado até o momento, sabemos que ela está cultivando duas especialidades muito necessárias para executar o plano que GRRM está desenhando contra Ramsay, quais sejam, sedução submissa (TWOW, Mercy) e estratégias complexas de envenenamento (ADWD, A garotinha feia).
Mas, alguém poderia perguntar, por que seria necessário veneno para que as cadelas atacassem Ramsay? Elas não seriam ferozes o suficiente para que, em circunstâncias específicas, as cadelas se virassem contra o próprio dono? Bem, alguns poderia arguir que, assim como ocorreu com Weese, seria necessário que as cadelas de Ramsay necessitassem de um incentivo muito forte para se virarem contra seu dono de uma vida inteira.
Na séria da HBO, o papel de providenciar que os cães devorassem Ramsay coube a Sansa, pois os roteiristas fundiram as histórias de Jeyne Poole com a dela, especificamente a partir do 5º livro. O “empurrão extra” foi os cães terem sido privados de comida por 7 dias. Na cena, Ramsay estava amarrado, ferido e coberto de sangue, o que atraiu os animais para fora de seus canis e desencadeou o ataque.
No fim, este seria outro método razoável de executar a morte de Ramsay sem o emprego do sangue de basilisco. E por isso alguns (como o site Drunkenwookie) afirmam que o sangue de basilisco não seria usado nas cadelas de Ramsay, mas nos lobos da matilha de Arya nas Terras Fluviais, que seriam usados para atacar as gêmeas. Entretanto, essa tese tem problemas, justamente porque sabemos que os lobos da matilha de Nymeria não temem humanos há muito tempo:
Nas redondezas do Olho de Deus, as matilhas tornaram-se mais ousadas do que se tem registro. Ovelhas, vacas, cães, não importa, matam o que bem quiserem, e não têm medo dos homens.
(ACOK, Arya II)
Os lobos tornaram-se terríveis nos últimos tempos. Há lugares onde um homem sozinho faria bem em encontrar uma árvore para dormir. Ao longo de toda a vida, a maior alcateia que vi tinha menos de uma dúzia de lobos, mas a grande alcateia que percorre agora o Tridente chega a centenas.
(AFFC, Brienne V)
Perderam todo o medo do homem. Alcateias atacaram nossa coluna logística durante a viagem desde as Gêmeas. Nossos arqueiros tiveram de encher de flechas uma dúzia antes de os outros fugirem.
(AFFC, Jaime IV)
No dia seguinte, Sor Dermot da Mata de Chuva regressou ao castelo de mãos vazias. Quando lhe perguntaram o que encontrara, respondeu: – Lobos. Milhares dos malditos bichos – tinha perdido dois sentinelas para os lobos. Tinham saltado da escuridão para atacá-los. – Homens armados revestidos de cota de malha e couro fervido, e mesmo assim as feras não tiveram medo deles. Antes de morrer, Jate disse que a alcateia era liderada por uma loba de tamanho monstruoso. Um lobo gigante, a julgar por suas palavras. Os lobos também penetraram em nossas linhas de cavalos. Os malditos bastardos mataram meu baio preferido.
(AFFC, Jaime VII)
Desse modo, a explicação para que Arya prefira o sangue de basilisco a deixar as cadelas de Ramsay sem comida por sete dias seja simplesmente que Arya não tenha sete dias à disposição para realizar uma vingança lenta e excruciante, sendo necessário mortes mais rápidas.
O que vocês acham?
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2020.08.01 15:10 odrebas Não aguento mais

Não aguento mais minha vida. Sempre tive uma família pertubada, um pai abusivo e uma mãe ausente (não a culpo, muito disso por conta da profissão), que sempre ficou do lado dele seja por medo ou comodidade. Meu pai traiu e agrediu minha mãe várias vezes.
Minha infância e adolescência foram verdadeiros infernos com tudo isso. Cresci desenvolvendo vários traumas, não conseguia dormir em muitas noites com medo do meu pai agredir minha mãe novamente, coisa que aconteceu praticamente na minha frente e eu não consegui fazer absolutamente nada.
Isso só mudou quando passei em uma faculdade federal e fui estudar longe, me desligando parcialmente desse mundo. As coisas pareciam melhores, meu pai era mais calmo e solicito, minha mãe parecia feliz e satisfeita com o relacionamento e com a vida que levava, mesmo que estivesse trabalhando ainda mais. Eu voltava para casa esporadicamente e tudo era mais calmo, pra mim foi um choque de realidade positivo, nesse momento eu me sentia bem em ver ambos felizes.
Ainda na faculdade, depois de quatro anos, consultei psicólogos, psiquiatras para descobrir o que já sabia: ansiedade e depressão. A primeira psiquiatra ficou um tanto quanto preocupada com meus relatos e me receitou dois medicamentos, nisso eu estava em um relacionamento com uma garota que era maravilhosa para mim, fiquei um tanto quanto receoso de me tratar e ter recaídas e isso afetar minha relação, e foi exatamente o que aconteceu, várias vezes. Minha instabilidade não me garantia ter uma relação saudável com as pessoas, por mais que eu lutasse muito. Eu tinha dias e dias, faltava muitas aulas, comecei a detestar a faculdade e por fim minha relação se dissipou. Foi mais fácil para ela terminar comigo naquela situação e me deixar sozinho com meus próprios problemas. Foi um impacto muito grande na minha vida, meu namoro era a fuga da minha realidade com minha família e uma nova chance de recomeço, onde dei tudo de mim. Não vou me prolongar pois isso seria outra história, mas isso fez com que eu tomasse uma atitude: voltar para casa.
Voltando para casa transferi para outra federal, na cidade onde meus pais moravam e voltei para o começo da minha vida, mas dessa vez como outra pessoa. A faculdade ia muito bem, fiz muitas amizades, me sentia bem naquela cidade. Conheci novas pessoas, novas paixões. Junto com isso tudo também descobri, novamente, mais traições do meu pai. Obviamente contei para minha mãe, ela reagiu muito mal com ele, mas garanti que fosse a gota d'água para ela, ela deveria tomar a atitude de se afastar, para sempre.
Hoje minha mãe vive uma vida pertubada para resolver os problemas da separação. Ameaça a vida do meu pai constantemente, faz chantagem emocional comigo quase todos os dias, ameaça se matar em todas as discussões comigo ou com meu irmão. Não durmo direito, meu desempenho no trabalho está pífio, minhas amizades cada vez mais distantes. Não bastasse o caos sanitário que vivemos, constantemente cogito suicídio, coisa que já havia cogitado em períodos anteriores. É muita pressão e maldade de todos os lados por uma situação que sou constantemente culpado. Eu só queria um pouco de paz.
submitted by odrebas to desabafos [link] [comments]


Como Ficar com uma Menina na Escola - YouTube 6 dicas infaliveis para levar uma mulher para a cama - YouTube Como PEDIR pra FICAR com uma mina ( Passo a Passo) - YouTube Como trocar ideia com uma menina? - YouTube GTA V - Como levar a stripper para o seu apartamento - YouTube Como CHEGAR NUMA GAROTA que estou gostando? 5 conselhos ... RED DEAD REDEMPTION 2 - DORMIR COM ESSA MULHER FOI O PIOR ...

  1. Como Ficar com uma Menina na Escola - YouTube
  2. 6 dicas infaliveis para levar uma mulher para a cama - YouTube
  3. Como PEDIR pra FICAR com uma mina ( Passo a Passo) - YouTube
  4. Como trocar ideia com uma menina? - YouTube
  5. GTA V - Como levar a stripper para o seu apartamento - YouTube
  6. Como CHEGAR NUMA GAROTA que estou gostando? 5 conselhos ...
  7. RED DEAD REDEMPTION 2 - DORMIR COM ESSA MULHER FOI O PIOR ...

Aprenda agora como pedir pra ficar com uma mina sem nenhuma chance de ser rejeitado, o melhor passo a passo do You-Tube E-book Grátis 6 Erros que te impede... Resolvemos atender ao clamor popular e desenvolver um tema muito pedido: como chegar numa garota que estou gostando. Então convocamos o Mad para dar algumas ... Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. Livro Receita da Atração - http://bit.ly/receitadaatracao Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. Conheça a PSNGAMESDF: http://bit.ly/1qZjQvD (cupom com 5% de desconto, aproveitem!) consoles, games e mais! INSCREVA-SE NO CANAL - http://goo.gl/Z1mryu Faceb... Uma casa isolada em meio a uma plantação esconde uma cena aterrorizante, cabe a nós descobrirmos o que aconteceu lá. Compre ...